Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

domingo, 22 de dezembro de 2013

Not The Robots - Sua chance de destruir muitos móveis!

Normalmente jogos do gênero roguelike preferem adotar ambientes medievais para usarem como ambiente, porém tem alguns que gostam de variar, e esse é o caso do jogo Not The Robots, que além de dar essa variada, adota um ambiente único, nos escritórios de uma empresa, já ganhando imediatamente a atenção de muita gente.

A história te coloca no controle de um robô que tem um estranho objetivo, comer objetos em geral, e o mesmo vaga pelos escritórios de uma grande empresa, que é vigiada com perigosas defesas, sendo assim você tem que comer tudo o que poder e sair do lugar depois que estiver satisfeito (ou não) e aos poucos ir descobrindo também, através de arquivos de audio, o que é tudo aquilo.

A jogabilidade é realmente simples, enquanto vaga pelos escritórios da empresa, você tem que tomar cuidado com os perigos presentes, como os robôs que ficam vigiando, é preciso se manter fora de vista, portanto existe um elemento de stealth presente que te fará se abaixar atrás de móveis para se esconder, ou mesmo para desviar de algum laser, muitas vezes você terá que tomar muito cuidado enquanto vaga, pois se um dos drones de notar, ele persegue até você sair de vista, sendo que é preciso ações rápidas para pegar alguns móveis localizados em áreas sem saídas e que te deixarão preso se um drone entrar no mesmo momento.

Existe um sistema de itens que você vai pegando e que te dão certas habilidades interessantes, como por exemplo abrir um buraco na parede, ou ficar imóvel e invisível em um lugar, porém existe também uma quantidade limitada de espaço para habilidades, por isso você precisa jogar uma habilidade nova para conseguir uma nova. Outro detalhe é que essas habilidades tem carga, portanto você precisa comer móveis para conseguir usar uma habilidade, é um tipo de combustível.

Quando você perde, o jogo evolui e assim novos elementos que já apareceram anteriormente passam a surgir com mais frequência, sendo que os ambientes são gerados aleatoriamente e a morte é permanente, como é de se esperar de um roguelike, portanto você joga e vai até onde conseguir sobreviver.

Enfim, ta aí um jogo bastante interessante e viciante demais, certamente para aqueles que querem passar o tempo se entretendo com algo, Not The Robots é uma ótima opção. Para quem se interessar, pode dar uma conferida no site oficial do jogo.

Um comentário:

Mirs - PoderNerd disse...

Já tenho o que jogar hoje :P