Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

terça-feira, 5 de novembro de 2013

The Witcher - Um belíssimo universo medieval

Esse é um jogo que demorei muito para jogar, no entanto eu sempre soube que era daqueles jogos que iriam me fascinar, e agora percebo que eu estava absolutamente certo, pois The Witcher é um jogo maravilhoso e que consegue chamar a atenção por sua qualidade incrível.

A história é baseada no universo dos livros da série Wiedźmin, do escritor polaco Andrzej Sapkowski. Esses livros reúnem vários contos de fantasia e também a história do bruxo Geralt of Rivia e inclusive renderam adaptações para diversos tipos de entretenimento. Você é colocado em um universo medieval lotado de criaturas fantásticas e seres mágicos, além de perigos mais comuns, como ladrões.

O jogo é de 2007, mas é notável que os gráficos foram bastante bem trabalhados, o universo do jogo é cheio de pequenos detalhes que me chamaram a atenção, por exemplo é possível ver ratos tentando se esconder, o vento batendo no mato e fazendo-o balançar, o efeito da luz na água, mudanças climáticas e também mudanças temporais, por isso há um ciclo de dia e noite, enfim é um mundo medieval maravilhoso.

Como você controla um personagem que não tem memória, você é enviado para uma missão de emergência às cegas, e isso gera situações bastante interessantes, como por exemplo achar pessoas que te conhecem e você não tem ideia se já conversou com elas ou não, e se são suas aliadas.

O universo de The Witcher tem um clima medieval fantástico, colocando criaturas mágicas, porém um enorme preconceito por parte dos humanos, além disso há a questão da religião também, portanto isso pode acabar fazendo com que pessoas inocentes morram injustamente e inclusive você pode tomar decisões que levem ou não alguém à morte.

As histórias que acontecem pelo lugar são das mais variadas, por exemplo você pode ouvir um boato de um corpo que foi visto em algum lugar e querer ir lá conferir, pode haver uma besta que está infernizando os esgotos de uma cidade, ou mesmo um homem que diz ter visto criaturas emergindo em um rio durante a noite.

O sistema de combate do jogo é bastante lindo, permitindo não apenas combate direto com armas, mas também o uso de magia, e assim você pode fazer uma combinação de ataques usando seus poderes e espada ao mesmo tempo. Há um sistema de evolução de personagem e você pode aperfeiçoar certas técnicas, algumas são passivas, outras precisam ser ativadas. Há ainda os pontos para serem distribuídos em seus atributos.

Outra coisa muito interessante do jogo é o sistema de alquimia, você pode fazer poções, mas precisa do conhecimento necessário para isso, que pode ser adquirido em livros ou comprando como habilidade passiva, isso te permite identificar e colher ervas, e tudo é feito de uma forma muito bem trabalhada, você precisa de um lugar certo para fazer poções, por isso procure um caldeirão e não é tudo feito imediatamente, é preciso de tempo, então talvez você comece fazer uma poção a noite e para ela terminar tenha que usar o sistema de "meditar" e colocar para que fique até a manhã.

Também existe toda uma liberdade de conversas que pode gerar resultados interessantes e até mesmo engraçados, por exemplo teve uma vez em que eu cheguei em uma mulher na Taverna e perguntei se ela queria se sentar comigo pra beber, e ela disse que era uma mulher de respeito, então perguntei "E você continua de respeito depois de trabalhar?" e ela "Cooooooooomo ousas?" hahahaha, depois disso a mulher não quis mais falar comigo.

Enfim, esse é um daqueles jogos medievais intensos e que tem uma quantidade tão grande de possibilidades, que você vaga pelo mundo e tenta se decidir o que vai fazer primeiro, realmente é muito divertido e vale a pena ser jogado. Vale a pena dar uma conferida no site da G2A, pois lá eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida aqui.

4 comentários:

Ragnalucard disse...

Eu não gostei do sistema de combate do primeiro The Witcher, achei muito parado, ou realmente para mim, é uma gameplay que é difícil de digerir. Mas até que a do The Witcher 2 já me animou.

dalmofm disse...

Meu caro, jogo o 1 até o final, deguste ele como um bom vinho, e depois se prepare para o melhor - Witcher 2

Ragnalucard disse...

Eu não consigo. Ainda mais que sou uma pessoa que de alguma forma consegue ficar cansado de jogar um game, ainda mais quando é uma gameplay que eu não consigo gostar.
O jogo é nota 10, mas realmente tentar jogar o primeiro game... não é para mim.

Dalino disse...

Comprei esse jogo há exatos 2 anos no Steam e ainda não tive a oportunidade de jogar. ¬¬ quero que seja meu próximo a jogar, mas está difícil.