Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

ArmA III - Você precisa jogar isso com seus amigos!

Hoje eu vou falar sobre ArmA III, um jogo simplesmente genial, porém assim como o primeiro ArmA, esse jogo acaba sendo muitas vezes incompreendido, porém sem dúvidas é o tipo de jogo que depois que você aprende a mecânica, percebe o quanto é algo maravilhoso e que acaba se tornando completamente viciante!

A primeira coisa que se deve fazer é esquecer Call of Duty e jogos do gênero, é um erro se comparar ArmA a um jogo de tiro padrão, e antes que me massacrem eu não estou falando que é ruim nem nada, estou apenas falando que são jogos realmente com estilos diferentes. E eu digo isso porque quando você imagina um jogo de tiro, normalmente se pensa em um mapa que terá o tamanho baseado na quantidade de jogadores da partida e onde um grupo de jogadores tem que matar outro grupo, essa é uma premissa básica de jogos de tiro é claro, existem outros modos, mas em geral é um mapa com um monte de gente que se mata e no fim da partida vê quem matou mais.

O jogo ArmA III é um sandbox em mundo aberto e faz uma simulação militar completa, cheia de detalhes, algo bastante realista. Além disso se passa em uma ilha com dezenas de quilômetros contendo cidades, florestas, locais para se mergulhar, coisas realmente variadas. Portanto quando você imaginar que vai jogar ArmA, eu acho mais apropriado você imaginar que está indo jogar minecraft. Pode parecer engraçada a afirmação, mas digo isso porque você é colocado na ilha e faz o que quiser, da forma que quiser. O mundo aberto permite que você faça missões das formas mais variadas, enquanto a mecânica absurdamente complexa permite que você crie completamente o seu estilo de jogo. Você não entra na ilha pensando em "Tenho que correr e meter bala na cabeça de um povo!", mas sim pensando em "Deixa eu analisar esse ambiente e como vou usar ele da melhor maneira".

Quando se vai no modo online de ArmA, cada servidor tem as suas próprias regras, objetivos e etc. Você pode entrar em um servidor cooperativo, pode entrar em um servidor que o combate é apenas aéreo, pode entrar em um servidor onde uma equipe está defendendo um lugar e a outra deve invadir.

As técnicas militares usadas em ArmA são reais, você controla uma pessoa que morre fácil, não existe isso de tomar trinta tiros e continuar correndo, é possível morrer com apenas um tiro no jogo, e eu não estou falando necessariamente de tiro na cabeça, você tem que se cuidar e se você bancar o Rambo, pode acabar com a equipe inteira. É necessário ter uma comunicação e saber fazer trabalho em equipe mesmo. Tudo é muito bem detalhado, por exemplo os personagens tem bússolas e quando você vai indicar a posição de um inimigo, você não diz "Ele ta ali sempre" as vezes você apenas fala os graus na bússola e direção, isso é o suficiente para o seu outro amigo escondido olhar exatamente pro mesmo lugar e ver o alvo.

No começo das missões você precisa falar com a equipe e saber qual o objetivo e como ele será feito, vai ser uma emboscada? Um ataque direto? Qual o seu papel? Você vai dar suporte aéreo? Será um Sniper que vai observar a área e avisar a equipe, além de abrir caminho? Será um mergulhador que vai desarmar minas aquáticas e espionar o lugar? Ou irá ajudar no ataque direto junto com um grupo?

O ambiente do jogo influência completamente nas situações, existe ciclo de dia e noite e mudança temporal. Portanto você pode sim jogar durante o dia, mas nem sempre será dia, se anoitecer as regras mudam, tudo estará escura, você tem equipamento de visão noturna? É melhor usar ele ou acender uma lanterna e ver as coisas claramente? Mas se você acender uma lanterna, irá chamar atenção e poderá te ver de longe. Como está clima? Está tudo limpo? Ou existe uma névoa cobrindo tudo? Há uma tempestade? Está relampejando? Se estiver, vale a pena ficar escondido com sua sniper em um morro em que se tem visão clara do lugar? Ou é melhor ir pra trás de uma moita onde a visão não é tão boa? Cada detalhe do ambiente do jogo faz a diferença, você tem uma interação enorme com objetos ao seu redor e existe inclusive um menu de interação, que muda dependendo do que estiver por perto.

Esse jogo não é especialmente sobre boa precisão com o mouse e reflexos rápidos com o teclado, mas sim sobre estratégia. Existe muito da "arte de enganar" no jogo, por exemplo você recebeu tiros de uma direção, mas não tem certeza onde o inimigo está, você pode atirar algumas vezes naquela direção, não para acertar ele, mas para fazê-lo pensar que você também sabe onde ele está, isso pode fazer com que o mesmo saia de seu esconderijo, o que pode acabar com você descobrindo a localização, ou simplesmente fazer com que ele pare de atirar em você.

O jogo é realmente impressionante, porém há um preço nisso tudo, ArmA é um jogo que tem uma das mecânicas mais difíceis que eu já vi na minha vida! O jogo usa muitas teclas do teclado porque existem opções demais, e inclusive existem certas opções que você tem que usar a mesma tecla de várias maneiras diferentes como por exemplo se estiver abaixado ou em pé, e até mesmo existe diferença em algumas teclas se você clicar uma vez ou duas vezes rapidamente.

Enfim, ArmA III é um jogo que me impressionou bastante e que em geral as pessoas podem achar um pouco estranho por não estarem preparadas para jogar ele e achar que é só mais um jogo de tiro em que você sai segurando o dedo no gatilho, sendo que não é bem assim.

Nenhum comentário: