domingo, 11 de agosto de 2013

Skyward Collapse - Um jogo sobre guerra e livre arbítrio

Esse é um jogo de estratégia que tem uma proposta interessante pra caramba e ao mesmo tempo coloca duas questões sobre divindades que acompanham a história da humanidade, o livre arbítrio e a questão sobre qual crença está certa e quais deuses realmente existem. No caso de Skyward Collapse é apresentado a mitologia nórdica e grega lado a lado.

A história se passa em algum lugar do universo em um continente voador chamado Luminith e "seu mestre" te coloca para cuidar de duas civilizações que vivem nele, porém seu dever não é apenas garantir que se mantenham vivas até o final, mas também incentivar a guerra entre as duas e não deixar que nenhuma ganhe durante três eras. Estranhíssimo, não?

Esse não é um jogo de estratégia em tempo real, mas sim em turnos, por isso você tem um determinado número de pontos para gastar durante uma rodada e deve usá-los para construir estruturas variadas, sendo que cada uma gera um certo tipo de matéria, por exemplo se você criar uma fazenda de porcos ela gera animais e se você criar um açougue, ele usa a fazenda para gerar bacon que por sua vez permitirá gerar pessoas, mas para ser um soldado é preciso mais que isso, é necessário um escudo de madeira por exemplo que vai precisar de um marceneiro, de uma espada de metal que vai precisar de um ferreiro, que por sua vez vai precisar de uma mina de ferro, e assim vai. Após terminar o turno de uma das cidades você passa para a próxima e cria coisas da forma que bem entender.

Até então parece que não tem sentido construir uma base para os "aliados" e então para os "rivais" porém é nesse momento que entra o grande detalhe do jogo, você é um deus que dá livre arbítrio às criaturas, portanto você apenas cria, mas eles é que decidem se vão atacar e como vão fazer isso, mas não se pode deixar que nenhum perca durante as três eras, mas ao mesmo tempo não se pode deixar a paz reinar pois você só ganha pontos durante a guerra. É necessário manter um equilíbrio.

Porém ao contrário do que se pensa, nesse jogo não se pode contar com uma fórmula pronta em que se constrói certas estruturas e tudo vai ficar equilibrado, há inconvenientes que podem ocorrer a qualquer momento, como o surgimento de bandidos que atacam uma das cidades, o terreno em que uma das cidades está e até mesmo pragas naturais. Então quando você vê que um lado ta muito forte, é necessário tentar fazer as coisas voltarem a serem equivalentes, você pode por exemplo limitar certo recurso para que uma cidade não tenha acesso e não construa mais soldados, ou mesmo usar certos poderes divinos, como invocar criaturas mitológicas.

Enfim, esse é um jogo que tem uma ideia incrível, porém acho que normalmente ou se apaixona completamente ou se detesta. A ideia é fantástica, porém muito confusa ao mesmo tempo, mas para quem está procurando algo diferente, essa pode ser uma ótima opção. O jogo está disponível a venda na steam.

Dá uma ajuda compartilhando? =)

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário: