Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

domingo, 11 de agosto de 2013

Electronic Super Joy - Um jogo psicodélico ao extremo!

Hoje eu vou falar sobre aquele que talvez seja o jogo mais psicodélico que já joguei na minha vida, e aliás eu não me surpreenderia nem um pouco se o nome dessa obra fosse "Ectasy Simulator" porque juro pra vocês que depois que joguei e saí do jogo, parecia que o monitor estava se movendo, isso depois de ficar tanto tempo exposto à tela piscando hahaha.

Para começar, confiram a história do jogo que é citada no início da aventura: "Você perdeu um braço na Guerra do Disco de 1515. Você perdeu um olho na guerra do Rock and Roll. Você perdeu ambas as pernas derrotando DJ Deadly Skillz e você perdeu TODA a sua bunda para um feiticeiro maligno. Essa é a história da sua aventura... Para se vingar por sua bunda!". Acho que vendo a história, já é possível notar a loucura que o jogo é, não é mesmo?


Electronic Super Joy tem um estilo 8 bits como muitos jogos, porém ao mesmo tempo que ele usa um estilo padrão, o seu visual é diferente por adotar todo o cenário e personagens como silhuetas. Sendo assim tudo o que você vê é apresentado com uma ou no máximo duas cores, lembrando assim algo parecido com Limbo com estilo 8 bits e ficando lindíssimo.

As fases do jogo são uma verdadeira discoteca, você se sente como se estivesse passando por uma balada, a maioria das coisas com uma cor completamente preta enquanto há outros elementos com cores variadas, colorindo o cenário. Você vê ao fundo estrelas, hélices e várias formas geométricas subindo, caindo do céu ou simplesmente levitando. Enquanto pelo cenário onde você passa, vê as coisas se transformarem, flores gigantes que giram, setas que desaparecem quando você passa por cima, entre outras coisas.

É engraçada a forma da história ser contada, enquanto você passa correndo fugindo de mísseis e esmagando inimigos, algumas pessoas ficam paradas pelo cenário e falam com você assim que você passa por elas, dando informações aos poucos, por exemplo um personagem começa uma frase e o outro conclui, como se fossem pessoas de uma rave dando informações sobre algo interessante, isso sem contar com certas loucuras como um lugar onde você chega e o povo começa a falar que o papa enlouqueceu e quer matar você, daí logo depois aparece o papa e paga sua nave espacial pra te dar uma lição hehehe.

As músicas eletrônicas variam pra caramba, porém não param e acompanham o ritmo das várias coisas psicodélicas que vão acontecendo pelo cenário, é muito fácil morrer no jogo, porém existem diversos checkpoints que realmente são essenciais já que a dificuldade dele é altíssima e quando você morre, se teletransporta pra um e a música continua, acredito que esse seja um dos detalhes que torne tão grande a vontade de querer continuar tantas vezes.

Em muitos momentos eu estava achando a música muito legal e apenas não queria que parasse e assim continuava até conseguir, sendo que em alguns momentos eu pensava que não ia conseguir passar de maneira alguma mas no fim acabava passando hehehe.

Enfim, aí está um jogo muito divertido e que consegue causar uma baita de uma adrenalina por sua dificuldade acompanhada de música eletrônica, o que faz você se sentir alucinado com as batidas constantes que variam de dubstep a techno. Vale a pena dar uma conferida no site da G2A, pois lá eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida aqui.

2 comentários:

Tsubakimaru disse...

Ok Sky, quanto a Steam tá te pagando? hauhauhau

Keylorg disse...

Esse jogo é muito épico, mas fico com ódio quando morro +d 20x numa parte, mesmo curtindo a musiquinha épica! a Musica deve valer mais que o jogo