segunda-feira, 14 de maio de 2012

Hotel Dusk: Room 215 - Um jogo com cara de livro

 Hoje vou falar sobre um jogo também conhecido como Wish Room: Angel's Memorye que tem um adorável climinha de livro de detetives acontecendo em uma época onde esse clima é melhor aproveitado que nas modernidades atuais, o final dos anos 70.

História

No ano de 1979 um vendedor chamado Kyle Hyde é enviado pela agência onde trabalha a um hotel de beira de estrada chamado Hotel Dusk. Estranhamente enquanto faz o serviço Kyle acaba descobrindo que há muitas coisas estranhas no hotel que parecem ter uma ligação surpreendente com o seu passado e passa a investigar e rapidamente notando que não será apenas mais uma noite de serviço.

Sobre o jogo

Esse é o tipo de jogo que tem um publico bastante limitado pois o seu estilo é de investigação, você tem que falar muito com diversos personagens e montar quebra cabeças e como todo mundo sabe esse não é o tipo de diversão que atinge à maioria dos jogadores.

Uma coisa engraçada é que o que me fez jogar ele não foi o jogo em si, eu nem procurei me informar do que se tratava, mas sim o visual que achei lindo pra caramba e decidi conferir. Em uma das telas o jogo é apresentado em um ambiente completamente em 3D enquanto na outra é mostrado um mapa do lugar. Os personagens foram feitos de uma forma muito bonita, invés de ser em 3D como o resto do cenário, eles são desenhos em preto e branco e vez ou outra ficam levemente coloridos.

No jogo você pode interagir com objetos e depende deles para fazer certas gambiarras ou ter acesso a alguns lugares. Muitas vezes você tem que improvisar para conseguir certas coisas, por exemplo em um momento que você tem que descobrir a assinatura que está em uma caneta e para isso tem que jogar pó de giz ou farinha para que o nome fique marcado no pó.

Existem também muitos quebra cabeças no jogo, alguns me fizeram ficar frustrados com a dificuldade e outros foram bem simples, certos quebra cabeças são de raciocínio lógico por isso alguns podem se descabelar para conseguir passar hahahaha.

Eu gostei muito da personalidade que colocaram em cada personagem e em como você vai ganhando a confiança de alguns e perdendo a de outros. É preciso ter cuidado com o que fala e o que mostra para eles, por exemplo se você roubar algo do hotel, naturalmente não deve mostrar o objeto para o dono. Tem alguns interrogatórios que é realmente necessário conseguir fazer uma verdadeira pressão nos personagens para que eles falem.

Eu sei que muitas pessoas vão amar o personagem principal, ele de certa forma me lembra o Constantine de Hellblazer e tem um grande senso de humor negro, tenho que assumir que muitas vezes me fez gargalhar com alguns comentários, como por exemplo um momento que ele chega na recepção e tem um hospede fazendo reclamações e então ele diz "O que foi? Ele não apreciou as baratas de sei quarto?" mas na maioria das vezes me senti irritado com as atitudes do personagem, ele parece intrometido demais e acha que todo mundo tem que responder o que ele quer no entanto não demora muito pra começar a mal tratar os outros depois que ouviu o que queria, realmente é um personagem que acho que foi bem bolado porque conseguiu me dar nos nervos uahahaha.

As músicas do jogo transmitem muito o clima de realmente estar  hospedado em um hotel, lembram um bocado músicas de bar noturno e enquanto tocam fazem você se sentir naquele lugar hehehe.

Enfim

Esse é um jogo cansativo sem duvidas, tem muita falação, mas eu gostei um bocado de jogar ele pela história, é como se você estivesse lendo um livro, até a forma em que o Nintendo DS é segurado é diferente. Você segura ele como se fosse um livro e graças a isso sempre fico me perguntando se as pessoas do metrô não deviam me ver jogar e pensar "Olha que retardado, nem sabe segurar a porra de um Nintendo DS direito Ò_Ò" uahahahaha. Mas bom é isso aí galera, se quiserem um jogo que o foco principal é a história, ta aí uma opção.

Twittem aí para seus amigos pessoal =D

Dá uma ajuda compartilhando? =)

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário: