Diretor Edgar Wright tirou sarro da Prime Video com o cancelamento de Paper Girls

Entre 2015 e 2019 foi publicada a revista em quadrinhos "Paper Girls", e em 2022 a Amazon Prime Video decidiu fazer uma adaptação para série da coisa. No entanto, como vocês sabem bem, se uma coisa não é divulgada direito, ela não tem retorno e se não tem retorno, ela é cancelada. O resultado são fãs irritados, mas no caso dessa, o diretor Edgar Wright entrou na onda para zombar da decisão da rede.

Paper Girls é uma série que acabou sendo muito comparada a "Stranger Things", e o motivo foi a temática. No caso, aqui temos quatro meninas entregadoras de jornal dos anos 80 que começam a trabalhar de madrugada, antes do dia amanhecer. No entanto, um evento inexplicável as leva em viagens no tempo, fazendo com que encontrem suas versões mais velhas no futuro. Mas logo começam a enfrentar situações ainda mais bizarras, sendo perseguidas por pessoas com vestes estranhas, que querem matá-las.
A estreia da série foi em 29 de julho de 2022 e o cancelamento foi no começo de setembro. Ou seja... Levou menos de dois meses para que a Amazon se decidisse e mandasse a série embora. Muitos fãs ainda estavam empolgados, ou mesmo nem tinham terminado de assistir a primeira temporada, que por acaso foi finalizada em aberto. E o diretor Edgar Wright, não mediu palavras ao zombar da coisa, quando recebeu um e-mail anunciando a série pra ele. Isso o levou a comentar no Twitter:

“Caro Edgar. Nós achamos que você vai gostar muito dessa série que nós acabamos de cancelar.”

Naturalmente vários fãs acabaram se manifestando também em resposta. Eu tinha comentando no Facebook quando a notícia saiu e vou repetir aqui. Acho estranho demais redes de streaming cancelarem tantas séries ao invés de investir em um filme ou mesmo um único episódio extra pra fechar a coisa. Sei que o investimento não dá retorno de imediato, mas enquanto uma rede de TV nunca mais vai transmitir uma série, uma rede de streaming tem seus originais como vitrine e podem usar pela eternidade ali como propaganda. Agora fica feio dizer "Assinem nossa rede, nós temos essa série aqui que abandonamos e você nunca vai ver o fim, começa a assistir aí".

Pra quem não sabe, Edgar Wright é o diretor de "Todo Mundo Quase Morto", filme que o deixou popular na indústria, dirigindo obras bem populares como "Scott Pilgrim vs. the World", e depois passou a participar de formas variadas em grandes sucessos. Por exemplo, ele é produtor de "Homem-Formiga". Sendo assim, quando se manifesta sobre esse tipo de coisa, acaba dando uma visibilidade bem maior do que só os fãs reclamando.

Postar um comentário

0 Comentários