Kakegurui | Vadias malvadas é o que não falta nesse anime

De vez em quando eu vou atrás de um anime da bagaceira pra passar o tempo, e acabei me deparando com Kakegurui, um anime que atende bem sua proposta e graças a isso me diverti bastante, especialmente porque praticamente todas as personagens têm o padrão de vadias malvadas e isso acaba gerando um belo de um toque hilário com a quantidade de bagaceira que rola solta. Apesar da temática, eu não diria que é algo que tem como público alvo a galera que adora apostas, mas sim um passatempo focada em adolescentes em geral.



A história é sobre uma instituição particular para alunos ricos, ou bolsistas, mas que tem uma peculiaridade, as apostas no lugar são permitidas e incentivadas, sendo que para ser um aluno de prestígio, é preciso ser um ótimo apostador. Os que devem, são humilhados, enquanto os ganhadores, cada vez mais se aproximam do grêmio estudantil, o grupo seleto que dita as regras.

A protagonista Yumeko Jabami é aquele padrão que tanto conhecemos de anime, uma personagem boazinha e com um toque inocente e bobinho, mas que é super inteligente e tem pensamentos extremamente complexos, estando à frente de rivais e não sendo abalada nunca, por mais que a situação seja terrível. Como não é um anime de pancadaria como Baki ou Blood+, ao invés dela ser super poderosa, ela é super inteligente.

Bom, os episódios são extremamente repetitivos, usando uma fórmula própria. No geral a protagonista enfrenta alguém, essa pessoa é extremamente convencida e sabe que vai ganhar, pois está trapaceando, mas em um momento Yumeko entende e revela que já sacou. O rival surta ao perceber que vai perder, a Yumeko vence, o puxa-saco oficial dela fica impressionado. Fim do episódio!

Apesar de tudo, essa é aquela fórmula que acaba entretendo como passa tempo, tipo Mirai Nikki (Que tem maior variação que esse, mas a essência é a mesma). Então é aquele tipo de anime pra realmente dar uma relaxada. Não se se é porque não sou o público alvo, mas achei esse mais engraçado do que a maioria. Não engraçado do tipo Gokudolls ou Detroit Metal City, que tem foco na bagaceira, mas sim engraçado do tipo que é tão trash que só resta rir.

A forma tão absurdamente exagerada dos personagens parece ter sido feita para parecerem estilosos, porém existe um clima de bagaceira constante. As personagens são muito "Vadias Malvadas", e é sempre igual a forma que elas perdem a pose, como ficam com umas caras cheias de rugas. É realmente hilário ver acontecer.

Acho inclusive que esse poderia ser um anime até para o público infantil, porém acaba se encaixando para adolescentes quando surgem coisas como a personagem dizendo que gostou tanto de uma aposta que ficou com tesão, ou o uso de armas de fogos e membros dos corpo sendo quebrados em determinadas apostas.

Enfim, um bom passa tempo para se assistir com os amigos. Definitivamente o tipo de anime que não tem profundidade, mas que serve para dar ótimas gargalhadas (Se esse for o seu tipo de humor, é claro, se não, pode ser que só odeie mesmo). Assisti na Netflix e achei uma pena não ter visto com meu melhor amigo, com certeza iríamos rir demais daquilo.

Postar um comentário

0 Comentários