The Sims Medieval - Magos, dragões e muita aventura!

Hoje irei falar sobre o jogo The Sims Medieval, que antes de tudo, quero dizer que, apesar do jogo ser bem bacana, eu acho um baita de um desperdício de nome. Acredito que o nome "The Sims: Reino Medieval" seria muito mais apropriado. Digo isso porque ao contrário do que muitos podem pensar, esse jogo não é uma versão medieval do The Sims, mas sim um tipo de simulador de vida dos cidadãos de um reino, onde tem alguns elementos de The Sims, mas sem o negócio de construir uma casa sua e ir evoluindo ela e os moradores.


Em The Sims Medieval, você constrói o seu rei e faz missões resolvendo os problemas que possam ocorrer ou lutando pelo desenvolvimento do reino. O jogo tem um estilo bem diferente de outros jogos, embora você administre coisas também, há elementos de RPG e construção de uma maneira mais ampla.

Você não vai jogando e construindo sua casa como em The Sims. Aqui as casas já vem prontas e você apenas controla o personagem e deve superar as missões, que são do tipo "Um garotinho desapareceu Majestade, o que você irá fazer?" daí há duas opções de escolha em como seguir aquela missão, juntar um grupo e sair em busca ou fazer panfletos e distribuir, daí dependendo da forma que você escolhe, as coisas acontecem diferente.

Há também eventos que ocorrem durante seus passeios pelo reino, você pode por exemplo encontrar um ladrão e ter que duelar com ele, as coisas são bem aleatórias e vão dando aquele climinha de historinha que está sendo contada. Tudo de forma bastante suave e tranquilo, não pense que é um Game of Thrones hahaha.

Há a lista de deveres que você tem que fazer durante o dia, são coisas como caçar um urso, ou simplesmente beber água de um poço, esses deveres mantém seu astral alto, caso cumpra e também gera pontos de experiência, caso não cumpra, seu astral diminui.

Existe também outros reinos e você tem que saber como agir com eles, pode criar novas leis e apoiar reinos ou pedir apoio em votações, entre outras coisas. Existe o "Povo da cidade" você pode ir até lá comprar itens se quiser, ou simplesmente dar um passeio. Também há festivais que ocorrem em alguns lugares.

Os pontos e experiência te concedem habilidades novas, como novos golpes em um combate por exemplo, sendo assim existe uma evolução de personagem. Não é exatamente o que se pode chamar de um super RPG, mas é um elemento desse gênero de uma forma mais tranquila, tem aquele climinha comum em livros de aventura solo.

Com o tempo você começa a controlar novos personagens e resolver suas próprias vidas, ou seja como rei você deve ajudar o povo, mas há missões que você pode escolher outros personagens pra controlar e assim fazer elas de forma diferente. Além de também existir missões que só aquele exato personagem pode fazer, como é o caso de uma em que você é um vendedor e deve administrar sua loja, isso inclui viajar de navio a outros reinos para obter certo tipo de mercadoria e fazer clientes ficarem satisfeitos, portanto precisa de um personagem exato.

Esse jogo é bem tranquilo e apenas para pessoas que querem ver historinhas medievais porque ele é cheio delas, não é nada muito violento e pessoas que querem construir podem se decepcionar pois apesar de existir a opção, é bem limitada... Agora se você estiver afim de apenas passar o tempo vendo os problemas de um mundo medieval resolvendo eles, tá aí um jogo pra relaxar. 

Vale a pena dar uma conferida no site da G2A pra ver o preço que está lá, pois muitas vezes eles costumam vender keys da Origin por um valor bem mais barato que na própria Origin e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida no preço que tá lá, clicando aqui.

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Parece ser muito divertido. Pelo menos nas primeiras 20 horas de jogo.

    ResponderExcluir