GAN | Esses rostos não são de pessoas reais! Foram criados por uma IA!

As capacidades incríveis da inteligência artificial sem sombra de dúvidas encantam a humanidade. Porém podem também causar horror quando pensamos em coisas como Não tenho boca e preciso gritar, ou o tão falado Exterminador do Futuro, e sem sombra de dúvidas algo como uma classe de rede neural da Nvidia chamda Generative Advesarial Networks (GAN) da Nvidia é o tipo de coisa que nos faz ficar assustados.



Muito provavelmente esse fascínio por IA's é por finalmente vermos algo capaz de ser inteligente como um humano ou até mais, porém sem ser humano. Talvez seja por ser a porta de entrada para algo que antes era fantasia. Quero dizer, nós crescemos ouvindo falar de elfos, gênios, mundos fantásticos, etc... Mas tudo isso está preso no imaginário, no máximo se a pessoa for supersticiosa, acreditará em magia, etc... Mas agora IA é algo muito mais tátil, algo que crescemos ouvindo falar e de repente se tornou cada vez mais comum.

Lembra da Lyrebird? Aquela inteligência artificial que copia a voz de qualquer pessoa? Imagina além de copiar a voz, copiar o rosto também? E pior, fazer um ambiente completamente digital que parece ser real? Imagina estar conversando no skype e descobrir que aquela pessoa que você conheceu, na verdade era um robô?

Pois é! Tudo começou com uma tecnologia de retoques de imagens e vídeos para retoques. Por exemplo pegar um vídeo que foi feito de dia e fazer com que ele se passe à noite, pegar um gato e transformar em um tigre, e assim vai. Tudo precisando apenas de uma imagem de referência pra ser transformada, confira os vídeos:


A coisa em si já é surpreendente, e daquelas coisas que fez pensar no fim da era das selfies imperfeitas, afinal de contas se algo assim é capaz de transformar um cenário inteiro, imagina ajustar "imperfeições" na foto de uma pessoa? Algo bastante animador, no entanto essa aí foi uma versão inicial da coisa e só evoluiu.

Mas chegou a um ponto que começou a assustar, não apenas usada para diversão, mas pare coisas mais sérias como design industrial, gerando ambientes fotorealistas que na verdade apenas estavam em conceito e seriam construídos. O que obviamente é impressionante, porque saiu da transformação e foi pra criação.

No entanto a coisa realmente ficou cabulosa quando uma das coisas mais difíceis de se fazer finalmente foi atingida, a criação de figuras humanas. A Nvidia conseguiu isso fazendo uma parceria com o Flickr para obter mais de 70 mil fotos de rostos. E pagou pessoas no Mechanical Turk para removerem detalhes dessas fotos que pudessem confundir a IA, tipo coisas que não eram parte da pessoa mas que estavam ali.

E o resultado foi cabuloso, com o aprendizado de máquina, a IA pegou todas essas fotos e começou a entender o que é e o que não é humano, e gerar ambientes fotorealistas junto a imagens de pessoas, podendo criar realmente qualquer coisa como se fossem reais. Agora imagina as portas que algo assim abriu para o mundo?
Imagine filmes inteiros gerados por computador? Sem atores reais, imagina cenas impossíveis de serem filmadas, serem apresentadas ali perfeitas? Imagina a indústria dos jogos com as texturas mais perfeitas possíveis e visuais incríveis? Imagina aquela inteligência artificial do pornhub gerando os pornôs perfeitos pra cada pessoa? Imagina uma IA pegando uma impressora 3D e imprimindo um corpo humano pra ela e saindo por aí no mundo físico?
A coisa é simplesmente assustadora, ainda mais com o fato daquela inteligência do Google Home de fazer ligações e fingir ser uma pessoa real. Talvez no futuro você não precise atender ligações, o aprendizado de máquina analise seu histórico e passe a te copiar, usar sua cara, sua voz. Fotos, vídeos e gravações como provas de crime talvez sejam completamente descartadas por não significar nada.

Comentários