Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

domingo, 6 de agosto de 2017

Os sangrentos discos de vinil especiais de Akira

Você deve saber da imensa influência que o filme Akira causou na cultura pop, e foi um clássico instantâneo, mesmo em 1988 já causou influências imediatas, como o filme de terror Tetsuo, porém muitos anos depois continuou na boca do povo, e assim vimos obras maravilhosas como o live action Akira Project. Em meio a tantos destaques da animação, uma delas é a trilha sonora, e hoje vou falar sobre uma edição de luxo fantástica em disco de vinil.



O universo de Akira mostra um ambiente biopunk, em que aconteceu a terceira guerra mundial graças ás manifestações psíquicas de um indivíduo, e governos do mundo começaram a se preocupar com o que o poder da mente pode ser capaz de fazer. É claro que já existiam histórias biopunk antes, como Firestarter do Stephen King, mas poucas com personalidade tão grande.

Não é preciso nem dizer a legião de fãs que se formou né? Algumas obras bastante parecidas como o filme Chronicle, mas nada capaz de fazer Akira parecer uma velharia. A trilha sonora peculiar nós vimos poucas outras obras fazendo algo parecido. O único exemplo que consigo lembrar, é Ghost in the Shell, que é praticamente um filme irmão de Akira.

E que forma mais luxuosa que apresentar essa trilha, se não em um aparelho luxuoso? Sendo assim nada melhor do que em discos de vinil. Aliás, já viram como isso dá um charme a mais na coisa? É só ver que até hoje se encontra vários discos de vinil à venda. Chega até a ser bizarro, afinal de contas, é legal comprar, mas quem é que vai ter um aparelho daqueles atualmente?
Acho que a maioria é só pelo estilo mesmo, pra por na parede e tal, porque não tem onde ouvir, hahaha. É só ver que no mundo dos jogos vez ou outra aparece algo do tipo, por exemplo aquela edição de colecionador de Devil May Cry em uma caixa de pizza, ou mesmo casos envolvendo certa polêmica, como o fã que teve que destruir sua edição especial de Fallout 3 na marra, e o charme dela era um monte de discos de vinil que viraram pó.

A edição vem com artes em alta resolução, que ficaram simplesmente maravilhosas demais, e os dois discos presentes conte´m um visual muito peculiar, com o centro no formato da explosão que Akira causa, e ao redor um monte de gotas de sangue. É bizarro e estiloso ao mesmo tempo o negócio, realmente ficou lindo de se ver.

Um detalhe é que nessa versão a Bottleneck Gallery e a Milan Records regravaram e remasterizaram a coisa toda. Sendo assim a qualidade é como nunca vista antes. É engraçado isso né? Pensar que é algo de 2017 e Akira de 1988, fico imaginando se a equipe de produção sonhou que lançariam isso quase três décadas depois e ainda no formato vinil.

Enfim, assim como a maravilhosa trilha sonora de Silent Hill, Akira é uma obra com suas peculiaridades e que definitivamente é capaz de encantar por ter um charme bastante único. Não acho que quem compre realmente vá ouvir, mas sem sombra de dúvidas é aquele item de colecionador que é um orgulho se ter na parede ou estante.


Nenhum comentário: