Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quarta-feira, 12 de julho de 2017

A música de comercial de Fallout 4 que gerou processo

A Bethesda costuma fazer uns processos bem inconvenientes, como quando obrigou Prey for the Gods mudar de nome, no entanto a empresa é enorme e tem vários jogos famosos, o que faz com que um karma natural surja a partir disso. Um dos exemplos é uma música de um comercial de Fallout 4, que fez com que a empresa tomasse um processo por usá-la.

O comercial é aquele com cenas em live action, chamado de The Wandered, nele é colocada a música de mesmo nome, pertencente ao cantor Dion DiMucci (Nascido em 1939). Apesar do comercial ser de 2015, apenas em 2017 ele resolveu abrir um processo contra a Bethesda, alegando que não gostou do tipo de obra que a música dele foi exposta, podendo manchar sua reputação.

O negócio é que a gravadora UMG Recordings fez um acordo com o artista, em que ela poderia licenciar suas músicas para propagandas. No entanto o cantor alegou que há uma cláusula em que ele ganha o direito de aprovar primeiro, antes de utilizarem as músicas. E foi aí que ele desceu o processo na Bethesda.

Segundo DiMucci, o vídeo "Apresenta homicídios em repetição em um cenário sombrio e distópico, onde a violência é glorificada como esporte" e também disse que "As mortes e a violência física não existem para proteger vidas inocentes, mas ao invés disso são imagens repugnantes e moralmente indefensáveis criadas para ter apelo com jovens consumidores".

Sendo assim, ele decidiu pedir 1 milhão de dólares para compensar todos os danos que o comercial trouxe à sua imagem e perdas financeiras provocadas. Ele afirma que se tivesse a chance de negociar, iria tentar convencer a Bethesda a mudar a história, apresentando uma luta pós apocalíptica sem violência covarde, ou iria bloquear a utilização, ou iria pedir um pagamento melhor.

Fico tentando imaginar como ele descobriu Fallout, será que não recebe um relatório mensal indicando em que suas obras são colocadas? Ou será que os vídeos dele encheram de pessoas falando "Fallout 4 me trouxe aqui"? Enfim, altas tretas ein? Não deixe de relembrar também a briga judicial fervorosa da Bethesda com a criadora de Fallout.


Um comentário:

Lewis Carry disse...

A música é ótima.