Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

O fã que teve que destruir a edição especial de Fallout para receber reembolso

Edições de colecionador sempre são encantadoras, todo mundo quer ter as regalias presentes nas edições dos jogos, algumas são tão simples mas mesmo assim muito atraentes, enquanto outras conseguem surpreender com o exagero da coisa, quem não lembra da geladeira de Call of Duty por exemplo? Mas nós vivemos em um mundo capitalista e as vezes coisas que são uma verdadeira punhalada no coração dos fãs acontecem. Hoje vou falar sobre uma delas!

Aí em cima vocês podem ver a edição belíssima da trilha sonora de Fallout 3 lançada após Fallout 4 (por isso a capa) e que conta com quatro discos de vinil, que são um baita de um símbolo dieselpunk na coisa. E o fã Paul Watson foi um dos felizardos a comprar uma dessas belezinhas, mas para o seu azar um dos discos estavam tortos e assim ele entrou em contato para reembolso.

A edição custava 125 dólares, mas a desenvolvedora lhe devolveu apenas 25 dólares já que era apenas um item. Ele decidiu então perguntar se não teria como receber o reembolso total pela coisa. A resposta foi a seguinte:

"Você mostrou que apenas um dos discos estava danificado, então reembolsamos você por este disco"

 "Se os outros discos estiverem similarmente danificados, por favor envie fotos. No entanto, se eles não estão afetados e você ainda gostaria de receber um reembolso completo, por favor siga as instruções a seguir: Destrua os outros discos e nos envie fotos"

"Quando recebermos estas fotos, vamos reembolsa-lo alegremente. Obrigado e tenha um fantástico dia!"

E adivinhem só? Foi exatamente isso que o cara fez:
Achei a desenvolvedora bem ousada em falar isso diretamente a um fã já que as pessoas são extremamente temperamentais, um bom exemplo é o caso do criador de Gears of War que não foi cuidadoso ao se expressar a respeito de jogadores de PC e até hoje o condenam. Então por mais que as coisas sejam a realidade em que vivemos, o povo sempre espera com paus e pedras.

Mas abrindo um pouco a mente dá pra ver que a resposta foi bem humorada e não arrogante, é só ver o "E tenha um fantástico dia!" do final que você nota que a coisa é mais pra rir mesmo e que combina demais com o universo de Fallout, esse humor ácido. Será que o fantástico dia é relacionado a quebrar tudo? Ou meramente um belo sorriso após falar algo assim de forma tão natural?

Já devo ter falado aqui no blog em alguma postagem, mas minha tia trabalhava em uma distribuidora de revistas e enviavam para bancas todos os dias, assim como recebiam um monte. Pra provar pras editoras que não foram vendidas não eram enviadas de volta as revistas, mas apenas as capas pra economizar no frete. O trabalho da minha tia era rasgar capas de revistas o dia inteiro.

Nós não vemos mas a vida é assim, cheia de coisas sendo destruídas, as empresas só não querem sair perdendo, a destruição é apenas a garantia de que não estão sendo enganadas, aquele negócio do Story of Stuff existe de verdade! Nós só não vemos porque empresas sabem que é revoltante e não tem motivo para divulgarem.

Nenhum comentário: