Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

domingo, 21 de agosto de 2016

Invocação do Mal 2 - Um filme tão bom quanto o primeiro

Eu sei bem que muita gente não concorda com o título dessa postagem. Mas o blog sempre reflete meu gosto né? Então é bem questão de opinião mesmo, sendo assim é normal ver gente que odiou Invocação do Mal 2, mas realmente tenho que dizer que ao meu ver foi um baita de um filme charmoso e que valeu a pena assistir.

A história se passa no ano de 1977 e apresenta o caso de uma mãe solteira com vários filhos que é surpreendida quando uma de suas filhas passa a ser atormentada por uma entidade que não demora muito a se manifestar de forma bastante agressiva para qualquer um que esteja próximo da garota. A coisa não demora para chamar a atenção e os investigadores de casos sobrenaturais Ed e Lorraine Warren são enviados.

Uma coisa interessante é que a trama é baseada no Caso Enfield, que realmente aconteceu entre 1977 e 1979. E o trabalho foi bem cuidadoso em refazer diversos detalhes da história real. Por exemplo roupas de personagens, penteados e até mesmo poses exatas. Nos créditos são mostradas diversas fotos lado a lado da coisa, no mesmo estilo que fizeram com American Crime Story. Por outro lado não foi esse casal de investigadores que realmente participou do caso real, então é estranho terem adaptado esse para o cinema já que o casal teve inúmeros casos e tem até um livro reunindo cinco décadas de relatos deles, o livro "Invocadores do Mal".

Quando eu assisti o primeiro Invocação do Mal, foi uma baita de uma surpresa pra mim, pois eu não tinha ouvido falar do filme e nem imaginava que ia ser algo tão bom. Veio então Annabelle e foi uma decepção especialmente por ser um daqueles casos da expectativa muito alta matar a diversão, e com Invocação do Mal 2 eu já fiquei mais alerta, e talvez tenha sido exatamente esse "freio" que Annabelle causou na expectativa que ajudou o filme a ser bem sucedido.

Quero dizer, sim teve gente que odiou mas no geral as críticas foram bem favoráveis. Isso sem contar com o marketing e notícias o tempo todo né? Como aquela pegadinha do Silvio Santos, ou coisas trágicas como o homem que morreu assistindo o filme, e ainda certos barracos como o fato do filme ter sido retirado dos filmes franceses por causar efeitos estranhos nas pessoas como barulho alto demais entre os que foram assistir, brigas e muito mais.

Então em geral é um filme que foi bem sucedido e acho que é bem o tipo que é completinho no quesito diversão. A duração dele é longa e existe um baita desenvolvimento até chegar ao fim. Mesmo sendo um filme clichê de família sendo sacaneada por um espírito, ele demonstra bem que não importa o quanto uma coisa seja clichê, se o desenvolvimento for bom, isso é o que vai entreter.

Eu normalmente não gosto de piadinhas em filmes sérios, mas acho que a coisa foi tão bem aplicada nesse. Parece que escolhem muito bem a hora certa e é estranho porque o terror aplicado é pesadão mesmo. Eu não tomei sustos porque me acostumei, mas não quer dizer que não tenha notado ou mesmo me sentido tenso com a coisa. Tem uma atmosfera espetacular.

Uma coisa curiosa é que achei muitos aspectos semelhantes ao do filme Sobrenatural 3, que pra quem não sabe é uma franquia onde os dois primeiros filmes foram dirigidos pelo James Wan, mas o terceiro não. E aqui tem uma série de aspectos como dois personagens que usam máscara de respirar e uma médium que fica entrando no mundo espiritual mas fica com medo porque uma entidade lhe ameaça e diz que se ela continuar entrando, vai rolar morte na faca Ò_Ò!

Enfim, definitivamente recomendo! Um daqueles filmes que você acaba de ver e tem a sensação de que foi algo longo e robusto, uma experiência agradável e não meramente mais uma obra esquecível em meio aos inúmeros filmes de terror mal feitos que existem. Caso você tenha se interessado, é possível comprar aqui:



Nenhum comentário: