Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

domingo, 7 de agosto de 2016

ABZÛ - Isso não é um jogo, isso é a encarnação da beleza

Tem alguns jogos que são naturalmente bonitos, como é o caso do inusitado Epistory ou mesmo do simpático e relaxante Proteus. No entanto tem certos jogos que parecem não querer se contentar apenas com a beleza visual, ele quer enfiar um arpão em seu coração e te puxar pra dentro dele, te deixando boquiaberto a cada elemento novo que apareça. Esses são raros e hoje vou falar exatamente sobre uma dessas raridades, o maravilhoso ABZU.




O jogo é do tipo que você vai descobrindo a história a medida em que avança, e mesmo assim é algo que você precisa descobrir observando. Não tem nenhuma explicação inicial nem nada, já de imediato você assume o papel de um mergulhador e passa a nadar sem saber exatamente o destino, objetivo, o que está fazendo ali. Mas não demora para notar que é uma viagem por um mundo submarino que envolve civilizações antigas submersas e avançadíssima tecnologia alienígena e outras dimensões.

Não preciso nem falar o que essa mistura interdimensional com aliens, civilizações antigas e o fundo do mar me lembrou de imediato não é mesmo? Claro, a obra de H.P. Lovecraft, mas mesmo com o toque de terror que se tem vez ou outra no jogo, não acho que carrega a atmosfera dos Mitos de Cthulhu, por outro lado definitivamente me trás uma forte sensação apresentada no Ciclo dos Sonhos.

Eu já falei aqui no blog sobre o meu medo e atração pelo mar, e jogar um jogo 3D submarino definitivamente é sempre algo que me dá arrepios. Aquela sensação de que algo gigantesco vai aparecer é agoniante demais pra mim. Mas no caso desse jogo, apesar da grandiosidade, o sentimento ficou mais para o lado da atração, isso porque é de deixar qualquer um maravilhado!

Esse jogo foi feito pelos criadores do belíssimo Journey, só que aqui eles quiseram ir além. Com a liberdade de elementos "voando" constantemente, decidiram fazer um visual extremamente robusto e de deixar qualquer um abismado com a quantidade ridiculamente alta de de pequenos detalhes para todos os lados.

No começo do jogo você tem a sensação de que aquilo é tão maravilhoso que já é o suficiente, vai deixar satisfeito ir até o fim apenas com aqueles elementos, pois já são coisas demais de uma só vez. Porém a coisa não para por ali e a medida que você avança tem mais e mais e mais e mais. Simplesmente não para de surgirem elementos novos e não é coisa pequena, são coisas grandiosas.

É lindo ver cardumes girando ao seu redor, ou como você está perdido em meio a tantos peixes e quando sai deles, percebe que um grupo de golfinhos surgiu e passou a te imitar, A quantidade de espécies submarinas é imensa e quando você se segura em alguma, pode identificá-la pelo nome, que aparece escrito no canto da tela.

Mas as coisas não se limitam apenas às espécies, os ambientes também são grandiosos. Ruínas submersas com histórias de uma civilização nas paredes, máquinas eletrônicas, e até mesmo portais que levam a uma outra dimensão e deixam o visual ainda mais extravagante, com um certo toque sombrio e psicodélico.

A jogabilidade é bastante simples, esse é mais um jogo para se "sentir" do que para jogar, você tem sim objetivos, tem que achar coisas, registrar lugares e guiar robozinhos a certos pontos para abrirem passagem, porém não é uma jogabilidade muito complexa, é algo realmente suave que está lá apenas para te fazer vagar pelos belos cenários e procurar.

Enfim, tá procurando por uma experiência maravilhosa? Um jogo que a cada segundo vai te fará falar em voz alta como "Nossa!" ou "Não creio..."? Pois esse aqui definitivamente é capaz! Vale a pena dar uma conferida no site da G2A, pois lá eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida aqui.

Nenhum comentário: