Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

domingo, 1 de maio de 2016

Neon Chrome - Um cyberpunk com toques de roguelike

Os universos cyberpunks apresentam um futuro onde homem e máquina podem se fundir, no entanto também um ambiente sombrio e com péssimas condições de vida para muitos, deixando mordomias apenas para poucos. Embora já existissem obras do tipo antes, esse termo foi popularizado com o livro de 1984 Neuromancer, que inclusive foi lançado no Brasil. Desde então o mundo se apaixonou de vez pelo estilo e passamos a ver obras incríveis como a série H+, o sombrio RPG de mesa Shadowrun ou o fantástico anime Serial Experiments Lain.


E hoje vou falar sobre um jogo que apresenta uma versão bem pura mesmo desse tipo, com arranha-céus gigantescos, a junção de mente humana e máquina, melhorias corporais tecnológicas, e um futuro sombrio, e não bastando isso também é um rogue-lite, que para quem não sabe é aquele subgênero do roguelike onde a perda não se é tão bruta e há a sensação de evolução.

A história se passa em uma imensa corporação, um prédio gigantesco onde inúmeras pessoas vivem luxuosamente, no entanto uma quantidade tão grande de pessoas as vezes requer sacrifícios e algumas pessoas são descartadas dependendo da evolução do lugar. Você é uma dessas pessoas, mas não irá tão facilmente aceitar seu destino.

Aqui você se esconde em um lugar do edifício, uma sala que usa como base e refúgio, tentando de alguma maneira acabar com seu terrível destino. Você usa uma cadeira para se conectar e assumir o controle de corpos de robôs que usa para tentar atravessar o lugar, sendo que se esse corpo morrer, imediatamente você desconecta.

Essa foi uma ideia fantástica de adiciona o elemento rogue-lite no jogo, pois os créditos que você coleta enquanto está em ação são enviados com você de volta e assim podem ser gastos em aperfeiçoamentos. Dessa maneira cada vez que você entrar de novo, estará melhor que na partida anterior já que vai fazer melhorias.

Essas melhorias são de atributos como vida, sorte e dano. Uma vez atualizadas você ficará com elas permanentemente. Mas claro, a cada atualização a próxima será mais cara, ou seja pode acontecer vezes em que você entra em uma partida e simplesmente não consegue viver tempo o suficiente para coletar créditos, não vai poder atualizar.

Durante as missões você também pode achar novas melhorias que serão equipadas de imediato e também passarão a ficar disponíveis na base. Uma vez achadas, você pode gastar créditos para já começar com elas equipadas naquela partida, se você morrer ela será perdida também, apesar disso são muito mais baratas que as melhorias permanentes.

Um elemento que achei muito parecido com Rogue Legacy é o fato de que existem classes no jogo, cada uma com habilidades diferentes, por exemplo existem lugares que somente se você for hacker poderá invadir e pegar coisas, já o assassino pode passar sorrateiramente por ambientes, e assim vai. No começo de cada partida tem três corpos diferentes com classes e equipamentos aleatórios.

Enfim, o jogo ainda conta com um modo cooperativo local, então se você tiver amigos disponíveis pode ser realmente muito divertido. Vale a pena dar uma conferida nos preços da G2A pra ver quanto tá lá, eles costumam vender keys mais baratas que no site da própria steam e aceitam boleto bancário. Clique aqui para dar uma conferida.

Nenhum comentário: