Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quinta-feira, 21 de abril de 2016

The Kindred - Quando The Sims encontra Minecraft


Não é que antes desse jogo eu não tenha visto obras semelhantes com a ideia de survival em um mundo natural em que personagens tem que trabalhar juntos para construir uma civilização. Já vi vários como Era of Majesty, Life is Hard e Queen Under the Mountain, no entanto é impressionante como The Kindred me passou uma intensa sensação não apenas de um survival, mas do clássico The Sims.

Como vocês já devem imaginar, a mecânica desse jogo é aquela tão conhecida em que você já deve ter experimentado em alguns jogos. Aqui você controla não um, mas um grupo de pessoas conhecidos como "Os Kins" e cada devem trabalhar juntos para dessa forma criar uma comunidade usando recursos naturais.

Cada Kin tem sua própria personalidade, idade e habilidades. Sendo assim você tem acesso a ficha de cada um deles podendo ser desde uma criancinha até um velho e a idade influencia em certos aspectos também. É aquele tipo de jogo com ciclo de vida e gerações de personagens, assim como The Sims.

Cada tarefa é colocada para determinados personagens, existe uma ficha em que você pode marcar o que quer que tal personagem faça quando você ordenar algo. Ou seja alguns podem ficar responsáveis por cortar madeira por exemplo e quando você clicar em uma árvore e marcar a opção de cortar, apenas aqueles designados para esse serviço é que irão até o lugar.

Algumas tarefas precisam de determinadas ferramentas, sendo assim é preciso construí-las para quando marcar essa opção ele poder usar o item para concluir o que foi solicitado. E dessa forma você pode preparar equipamentos específicos para cada um e especializar seus Kins nos mais variados tipos de coisas.

O jogo usa um estilo de visão isométrico mas com movimentação aberta, ou seja a visão principal é aérea de lado, mas trata-se de uma obra em 3D, então você pode dar aquelas movimentadas para os mais variados ângulos. Porém graças a isso também é um jogo meio limitado sobre onde você pode ir, não é bem como minecraft que você vai cavando e chegando a locais profundos.

Aqui você tem que construir uma comunidade com casinhas e cada vez deixando mais as coisas sofisticadas, portanto  inicialmente se tem coisas mais simples, porém aos poucos você vai modelando casinhas e decorando, colocando janelas, fazendo tudo bem feitinho até ver que realmente está surgindo uma vila. Além de que as coisas podem ficar mais interessantes com a vinda de elementos novos como a eletricidade.

Naturalmente os personagens tem necessidades e assim você precisa manter eles sempre fazendo tarefas como criar fazendas, minerar, caçar animais, coletar frutas em árvores e assim vai. Cada Kin tem que ser útil para a comunidade de alguma maneira e no fim todos podem acabar se dando bem com os serviços.

Agora uma coisa interessante pra caramba é o suporte do multiplayer online, permitindo assim que você e amigos se conectem ao mesmo jogo e criem uma comunidade juntos! Isso pode fazer a coisa ficar bem interessante com aquele monte de Kins e verem a coisa evoluindo juntos ou quem sabe distantes. Infelizmente para o acesso antecipado esse aspecto é instável.

Enfim, se você estiver no climinha de construir e estiver procurando por uma opção em 3D, talvez esse seja exatamente o jogo que você procura. É possível achar ele a venda as vezes por valores até mais baratos do que na própria steam no G2A (E sim, aceitam boleto bancário).

Nenhum comentário: