Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Splendor - Um jogo de tabuleiro virtual simples e viciante

Sem sombra de dúvidas jogos de tabuleiro conseguem gerar uma baita de uma diversão, a ideia simpática daquelas regrinhas que podem gerar diversas estratégias com certeza fizeram parte da infância de muita gente, deixando boas lembranças. E assim de tempos em tempos quando se vê um, a coisa costuma gerar um bom tempo de diversão.


Infelizmente com o passar dos anos acaba sendo difícil para a maioria continuar jogando, tem alguns que levam como principal hobbie e compram um bocado, no entanto boa parte das pessoas apenas mantém a coisa na lembrança, boa parte disso é devido ao fato de que vivemos em um mundo onde tudo é feito pela internet e as pessoas não saem mais de casa.

Mas para a nossa sorte uma série desses jogos foi adaptada para versões virtuais e assim podemos experimentar jogos como Krosmaster Arena, Small World 2 e Talisman, todos jogos que tem versões físicas, mas que também podem gerar uma baita de uma diversão virtual graças às suas versões digitais que foram lançadas.

Com Splendor é a mesma coisa, um jogo de cartas mais do que simples e extremamente divertido, que também pode fazer um bom trabalho em partidas virtuais. Infelizmente algo que não deu para suprir foi a possibilidade de se jogar online, algo que definitivamente iria abrir uma nova gama de possibilidades.

Por outro lado com ele é possível se jogar partidas locais onde cada jogador pega o mouse na sua vez de jogar, algo que faz lembrar os velhos tempos de Worms, apresentando turnos, mas também abre uma nova possibilidade que será uma maravilha para jogadores que não tem amigos disponíveis mas querem jogar, que é a possibilidade de jogar contra o computador.

Como vocês devem imaginar, esse não é um jogo com história, até porque é algo bem direto ao ponto na coisa. Mas mesmo assim existe um planinho de fundo colocado para criar uma ambientação no jogo. E aqui cada jogador assume o papel de um mercador de joias que quer se destacar perante os nobres e assim passa a fazer investimentos em explorações, minas, etc.

A jogabilidade coloca três fileiras de clientes e várias fichas com diversas joias, durante o seu turno você tem quatro coisas pra escolher fazer. Comprar duas fichas da mesma joia, comprar três fichas de joias diferentes, comprar uma carta de cliente, reservar uma carta para comprar depois, via "empréstimo".

Cada carta custa um preço em joias, por exemplo duas esmeraldas e um rubi. Cada uma dessas cartas também tem a imagem de uma joia, se você comprar essa carta, terá um estoque permanente daquela joia. Por exemplo, se você comprar duas cartas que tinham diamantes, então terá dois diamantes sem precisar comprar fichas.

Você vai pegando fichas pra tentar alcançar o valor de uma certa carta, se alcançar esse valor, poderá trocar as fichas pela carta e devolvê-las a pilha de ficas. Existe um número limitado de fichas de cada pedra, o que significa que as vezes você pode precisar comprar e não ter porque todos os jogadores compraram.
Esse jogo gera uma estratégia imensa! Você vê as joias que seus aliados tem em mão e vai deduzindo o que eles querem pegar, podendo pegar antes só pra atrapalhar e eles terem preparado pra pegar uma carta em especial, mas no fim alguém pegou primeiro. Algumas cartas vem com números, e essa é a pontuação, quando você atingir 15 pontos somando essas cartas, você ganha. Assim como tem os nobres que quando você atingir uma certa quantia de pedras permanentes, eles vão a sua loja e te dão uma baita de uma pontuação alta.

Enfim, Splendor é um daqueles jogos viciantes e perfeitos pra você passar o tempo, em especial a versão digital é mais adequada para se jogar sozinho mesmo, já que a única opção de multiplayer é local e assim a estratégia da coisa pode ser meio chata de se preparar. Quem se interessar é só dar uma conferida no site oficial do jogo.


Nenhum comentário: