Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

O cantor que desceu o cacete na EA e em Battlefront 3

Sem sombra de dúvidas o Star Wars Battlefront de 2015 é um jogo que teve uma baita de uma jornada até o seu lançamento, primeiro teve aquele barraco envolvendo uma versão cancelada em 2013, depois uma baita de uma campanha com os desenvolvedores gritando sem parar que não era um clone Battlefield, e mais um monte de coisinhas até que por fim tivemos o lançamento turbulento.

Só que em geral foi um jogo esperado pra caramba e que gerou uma imensa expectativa nas pessoas, o gráfico maravilhoso, a sensação incrível com a atmosfera tão própria de Star Wars, entre outras coisas. Aliás, só o fato de ser um jogo da franquia já é algo grande o suficiente para ter um destaque né? Afinal a quantidade de fãs é imensa, e a lista gigantesca de jogos mostra que sucesso a coisa faz.


Então durante toda a campanha tivemos bastante agitação e algumas surpresas como por exemplo aquela edição de colecionador que deixou os fãs revoltados, e mais um monte de coisinhas que fizeram o povo se empolgar e irritar. E claro, o marketing é algo que para uma coisa desse tamanho sempre está presente, sendo assim a EA foi pra ação.

É natural se ver artistas sendo pagos para promover jogos, no entanto a EA fez isso de uma forma um tanto sacana. Ao invés de pagá-los para uma propaganda, passou a pagar por trás, pedir para que postassem fotos em suas redes sociais e falassem que a coisa era boa. Isso naturalmente é algo que faz o fã de um artista dizer "Se meu ídolo gostou, tenho que testar!".

O grande problema é quando um dos artistas se revolta com a coisa e o marketing vira negativo.  E foi exatamente isso que aconteceu, então no fim das contas a coisa que parecia tão interessante acabou não dando muito certo. Mas antes de tudo se quiserem saber de quem estamos falando, assistam o clipe:

Essa uma banda de metal alternativo estadunidense Breaking Benjamin, que se originou em 1998 e seu vocalista é Benjamin Burnley, que na época tinha vinte anos e seguiu com a banda até 2010 quando fez uma pausa para então no ano de 2013 retornar.

Mas beleza, a EA mexeu seus pauzinhos em diversos lugares para que as pessoas falassem do jogo e incentivassem outros a jogar. E com artistas parecia uma bela de uma jogada, até que decidiram entrar em contato com Benjamin Burnley para que ele publicasse no seu instagram algo positivo sobre o jogo. O resultado foi esse:

"Tentaram me pagar para postar que eu gostava dessa merda de jogo... podem pegar isso e enfiar na bunda deles. Esse jogo é horrível, prefiro assistir as prequelas do que jogar esse lixo de jogo por mais um segundo - isso é por ter arruinado Star Wars, EA :)."

Eita ferro ein? Pelo jeito o cara não se divertiu mesmo com a coisa kkkk.

Nenhum comentário: