Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Jotun - Jogo viking com visual absurdamente lindo!

Eu sei, você ama demais Vikings, e é por isso que é viciado em jogos surreais como o  surreal Gunnheim e o mais que violento War of the Vikings. Mas uma coisa que muitas vezes é esquecida, é que além das tradicionais batalhas na base da machadada, os vikings tinham toda uma enorme mitologia própria com seus deuses e tradições, além de profecias como Ragnarök por exemplo. E hoje vou falar sobre um jogo que tem forte foco na mitologia Viking.

Aqui você assume um papel inusitado, o de uma guerreira Viking, o que já é diferente da maioria dos jogos com essa temática como Volgarr the Viking e AirBuccaneers (Que é lotado de personagens e não tem uma única mulher). Porém aqui temos uma viking mesmo e não achem que se trata de algo delicado, a pancadaria rola solta!



Para quem não sabe, Valhalla é o paraíso viking, no entanto pra entrar lá as regras não são as mesmas do céu cristão, não basta ser fiel aos deuses, você precisa morrer de uma forma gloriosa, ou seja em combate, isso mostra seu valor. Lembram do velho, na série Vikings, que implora pra ir em um saque pra poder morrer com glória? Pois é, ele tava com medo de não entrar em Valhalla. Thora é uma guerreira que acaba morrendo de forma repentina, afogada. Não há glória alguma nisso, porém ela ganha uma segunda chance de provar o seu valor.

No jogo você tem que vagar por uma terra maravilhosa, cheia de seres místicos, runas e belezas naturais. No entanto há também muito perigo e é preciso enfrentar um a um deles, provando assim o seu valor para que o lugar em Valhalla seja garantido. O problema é que as criaturas ali presentes são também extremamente poderosas.

Esse jogo me lembrou demais o belíssimo Titan Souls, onde você tem que explorar uma terra bonita com elementos naturais, mas também com construções, além de enfrentar inimigos poderosíssimos. Aqui a jogabilidade é exatamente essa de ir e voltar nos lugares, explorar, descobrir segredos e ir ficando mais poderoso.

Com certeza um dos toques mais especiais desse jogo são os gráficos, o visual dele é muito lindo. Você se sente em um desenho animado e as animações são feitas a mão. Tem aquele visual de que realmente não são sprites, mas sim algo que está sendo apresentado quadro a quadro. É difícil não ficar encantado.

Outra coisa é que para aqueles que amam enfrentar inimigos gigantes, esse é outro destaque do jogo, de repente você está em um lugar e a câmera se afasta, daí você vê a animação e a coisa gigantesca aparecendo. É aquele tipo de cena de dar arrepios, que te faz ficar encantado com a grandiosidade da coisa, além é claro do quanto é épico.

O jogo não tem dublagem em inglês e em nenhuma outra língua popular, inicialmente pensei que era alguma língua viking morta, porém depois descobri que a dublagem é em islandês, que foi usada por alguns povos vikings e atualmente é falado na Dinamarca e Islândia. O toque brutal que tem na sonoridade combina demais com a coisa.

Enfim, se você é apaixonado por jogos bonitos, a beleza visual desse aqui vai te deixar encantado com certeza. Especialmente se você for fã de Mitologia Viking. Vale a pena dar uma conferida no site da G2A, pois lá eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida aqui.

2 comentários:

territoriosnitram disse...

Cara, é incrível como reflete (no jogo) o carinho dos produtores com a obra. Isso rola muito nos jogos indie e é uma sensação muito boa. Não sei se é porque tenho um gosto muito grande por jogos independentes, mas cada um que eu pego fico tentando apreciar ao máximo, porque os desenvolvedores tiveram um envolvimento mais que profissional com o resultado. E esse Jotun me fez sentir isso no trailer, esse esmero que eles tiveram com o desenho, com a temática e com os sons fizeram-me sentir apegado a esse mundo. Com toda certeza que já adicionei na minha lista de desejos da Steam.
PS:E eu achei que em algum momento tu ia falar do Shadow of the Colossus, as imagens pareceram me mostrar um pouco daquela sensação de ser pequeno e quase impotente contra os gigantes.

Skywalkerpg disse...

É que achei o jogo mais parecido com Titan Souls, que por sua vez parece Shadow of the Colossus hahaha. No fim das contas ele lembra sim, mas passando por um "filtro", Titan Souls está mais próximo. =D