Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

domingo, 20 de setembro de 2015

Os elementos islâmicos censurados em Ocarina of Time

Sem dúvidas The Legend of Zelda: Ocarina of Time é um clássico que foi colocado em um altar por muita gente, o que fez com que uma quantidade imensa de conteúdo surgisse na internet, desde gente louca zerando o jogo em apenas uma hora, até alguns casos com um toque mais macabros como o o misterioso caso da fita amaldiçoada de Zelda. Só que um jogo grandioso daqueles também tem uma enorme quantidade de curiosidades fantásticas sobre a produção.


Uma das coisas curiosas que deixa muita gente falando bastante sobre o assunto é a música tema do Fire Temple, uma área do jogo. Muitas pessoas notaram que em algumas poucas versões de Ocarina of Time ela tem uma música com um cântico misterioso e isso apenas na primeira versão do jogo, para Nintendo 64, mas no mesmo console em versões do lançamento a música é diferente.

E o que fez com que as pessoas percebessem que tinha algo de estranho e diferente, é o símbolo da raça Gerudo, que aparece em diversos lugares do jogo, porém já no lançamento as pessoas que pegaram a versão original da coisa viram que o deles era diferente dos outros, o símbolo era esse da direita aí em cima.

Mas e a lua com a estrela da esquerda? O que é? Bom, é um símbolo islâmico, e não dá para negar que há uma semelhança na coisa, assim como a música original do Fire Temple também eram vozes de pessoas fazendo uma oração islâmica. E assim sumiram tanto com o símbolo quanto com a primeira música. O novo símbolo Gerudo virou esse:

A conversa que se ficou entre os fãs foi a ideia de que tratava-se nada menos do que uma resposta a povos islâmicos que reclamaram desse tipo de coisa aparecer no jogo. Um desrespeito e etc, isso porque a Nintendo fez a mudança sem declarar nada e assim surgiram apenas boatos por muito tempo sobre o assunto.

Mas a coisa mudou em 2012 quando a empresa fez uma declaração sobre o tema e explicou que o símbolo e a música original tinham sido retirados de uma biblioteca e colocados. No entanto antes de chegarem a anunciar a data de lançamento do jogo, algumas versões já tinham sido fabricadas e modificaram para fabricar outras modificadas. E assim fizeram aquele marketing grandioso envolvendo até um comercial crossover do refrigerante Mirinda kkkkk.

No mesmo comunicado da Nintendo a empresa disse que a ordem era de retirar qualquer coisa que se parecesse com um símbolo religioso do mundo real. Então aparentemente haviam outras coisas no jogo que foram substituídas. Agora ouça as músicas, primeiro a censurada e depois a sem censura:


Nenhum comentário: