Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Dream - Um jogo intenso no mundo dos sonhos

Você está lembrado dos contos Celephaïs e o tristonho Ex Oblivione? Ambos sobre homens fascinados por sonhos, um deles decepcionado completamente com a vida e as tristezas do mundo real, e o outro simplesmente fascinado pelos mistérios dos sonhos a ponto de começar a tomar drogas para induzir o sono e poder descobrir mais? Pois em Dream você vê uma essência exatamente no mesmo estilo.


Aqui você assume o papel de um homem chamado Howard Phillips, que sente um tédio imenso enquanto está acordado, porém os seus sonhos são lúcidos e ele sabe que algo incrível e surreal sempre o espera quando dorme, portanto passa a se apaixonar por esse mundo e ficar ansioso pela próxima vez.

Eu sei, alguns de vocês já devem ter feito a ligação, tanto os contos citados são do mesmo autor, como o nome do próprio personagem é "coincidentemente" idêntico ao do escritor. Estou falando do nosso tão amado H.P. Lovecraft, e é isso mesmo, o jogo faz referência a ele, e se você for um fã do universo maravilhoso do Ciclo dos Sonhos e sempre lamentou não ter o que jogar, essa pode ser sua oportunidade.
Esse é um jogo de exploração e de puzzles, onde você tem que andar, pode parecer bem estranho e não se saber nada do que está realmente acontecendo, mas aos poucos as coisas vão parecendo se encaixar. Os ambientes são bem surreais como o início em que você acha um deserto cheio de coisas estranhas como um monte de televisores ligados, e o personagem comenta.

Um jogo que acho que acaba inevitavelmente sendo comparado a esse é o belíssimo Homesick, digo isso porque em Dream há também os momentos dos pesadelos, que podem não ser algo de matar do coração, mas deixa o clima bem sinistro na coisa e o que antes era brilhante e bonito pode de repente dar uma mudada brusca para o sombrio.
No entanto infelizmente o jogo não é só beleza e tem problemas, pra começar eu achei a dublagem horrorosa, a voz do personagem não é legal, ela quebra muito o clima da coisa, parece fora de foco, acho que se fosse um pouco mais mórbida poderia ser mais agradável, e a quantidade de bugs do jogo também é algo que desagrada, é chato nadar e às vezes ver a sombra do personagem como um bonecão parado de braços abertos.

Enfim, Dream é um jogo legal, mas poderia ter sido perfeito se a equipe tivesse decidido não colocar certas coisas, por exemplo a dublagem é tão fora de foco que eu me sentiria mais a vontade se tivesse só um texto na tela, e o mesmo quanto a ser em primeira pessoa mas terem usado um personagem 3D atrás da câmera, pra poder ver sombra e etc, eu preferia não ver ao ter que ver alguns bugs. Mas enfim, é um jogo agradável. Quem se interessar pode dar uma conferida no site oficial do jogo.

Nenhum comentário: