Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

segunda-feira, 27 de julho de 2015

O mistério da comida que desaparecia em uma casa

Uns tempos atrás eu estava conversando com o povo que visita o blog, e o meu amigo Mad (Sim, a mãe dele o batizou assim) perguntou se eu já tinha ouvido falar do caso de Tatsuko Horikawa, e eu não sabia de nada, daí ele explicou o caso bizarríssimo e resolvi compartilhar aqui com vocês, pois mais assustador do que histórias sobrenaturais, são histórias reais de acontecimentos completamente estranhos.

O caso aconteceu no meio do ano de 2008 na cidade de Fukuoka, no Japão. Um homem de 57 anos estava achando muito estranho comprar comida para um determinado tempo e ela acabar rápido demais, como ele era solteiro e sabia bem o quanto comia, não tinha explicação para de repente parte dela desaparecer, e assim comprou equipamento de filmagem e instalou pela casa para tentar entender o que ocorria.

A grande surpresa foi quando de madrugada, a filmagem captou uma mulher saindo de dentro do seu armário e se alimentando, depois voltando para o lugar. Detalhe que o homem estava bem do lado do armário na hora que ele estava assistindo aquilo. Ele chamou a polícia para revistar o lugar, e não era assombração não, tinha mesmo uma mulher vivendo no armário do cara!

O nome dela era Tatsuko Horikawa, uma senhora de 58 anos e estava vivendo há um ano ali, embora nem sempre estivesse no lugar, a polícia também suspeitou de que ela instalou outros "Acampamentos" em mais lares da vizinhança. Ela se escondia na parte de cima do armário, onde tinha colocado um colchão, várias garrafinhas de água e ficava deitada o dia todo.

Caramba, agora imaginem isso? Você olha pra um armário e realmente em muitos dá pra alguém entrar na parte de cima, especialmente se for aqueles que já vem na parede, e também é o tipo de lugar em que raramente alguém mexe, por ser alto e é pra onde a tralha vai ou coisas que nem sempre se usa. Então e se um completo estranho um dia achar uma brecha pra entrar em sua casa, vai até lá, joga as coisas pro lado e se esconde atrás dela? Nossa! O_O'

Um ano depois supostamente aconteceu o mesmo em uma casa nos Estados Unidos, mas já é algo que não se tem tanta certeza se é real, pois "aconteceu" com um ator, então muitos dizem que pode ser um mockumentary que o cara fez baseado na história ocorrida no Japão, mas segundo ele, aconteceu de verdade, confiram o vídeo:

7 comentários:

Super Suporte disse...

Mas q viagem! Bem, aonde isso? Japão claro! O que tem de errado com esse povo?

Me lembrou um caso de uma familia q tinha uma pessoa morando entre as paredes da casa hahahaha acho que nos EUA (pesquisei no google, deu isso Família descobre passagem secreta em casa – e com alguém morando nela!)

Faz um post sobre Sky! Esse é BEEEEM MAIS SINISTRÃO Ó___Ó

Pedro Kun disse...

Tenso essa parada ai puts Hueheuh

Bruno Arce disse...

O nome do seu amigo se pronuncia Med ou Mad?

Skywalkerpg disse...

Méd

Leon Leonidas disse...

Imagine ler isso de madrugada e, simultaneamente, ter uma criatividade imensurável? É, o cu fechou

Matt Kist disse...

Que louco! Lembrei automaticamente daquele conto que você postou Sky, com aquele cara do supermercado que escrevia cartas para a menina.

Eu já li algumas vezes, que no Japão a população de idosos é imensa, e a taxa de natalidade é baixíssima, ou seja, o Japão é um país de idosos. E nesse contexto podemos somar todos os problemas que temos quando há mais idosos do que jovens. Em primeiro lugar, a mão de obra, que afeta diretamente a economia, e falando em economia, a "Bolsa Família" do Japão (que é o Seikatsu Hogo) é um benefício bem mais complicado de se conseguir, e é suficiente apenas para deixar um cidadão em situação de subsistência mínima (já que o cidadão precisa vender tudo que tem antes de ganhar o benefício). Além claro, dos casos de demência (que é um sintoma de várias doenças que afetam principalmente os idosos) e de abandono de idosos. Uma vez li inclusive que 6% da população do Japão tem sintomas de demência, mas não sei se é uma fonte confiável para afirmar.

Bem, contabilizando esses dados sobre abandono de idosos, quantidade de idosos e dificuldade de subsistência de idosos abandonados (e possivelmente dementes), eu diria que casos como esse devem ter acontecido mais de uma vez no Japão, hehehehehe.


Mas sabe de uma coisa? Vou checar minha casa hoje...

Miya Seat Lee disse...

Que loucura! Fiquei lendo e imaginando passar por esta situação... Insano!
Me lembrei daquela velhinha sem teto de Paranoia Agent. Tem uns momentos em que ela some do acampamento na rua, deve se infiltrar na casa de alguém...