Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Os inspiradores comerciais muito toscos dos anos 90

Não é que hoje em dia não se tenha comerciais toscos e exagerados, é claro que as pessoas de comerciais em geral sempre vão aparecer felizes e satisfeitas. No entanto cada era tem um estilo próprio de tosqueira, e nos anos 90 a tranqueira rolava solta, com atores que pareciam estar prestes a explodir de felicidade com aquilo.

Quer um bom exemplo na prática? Dá uma conferida na tranqueira que é o comercial de "Hey, You Pikachu!", onde o garoto fala que Pikachu é o novo melhor amigo dele e apresenta o jogo como se fosse a melhor coisa do universo, até a mãe começa a jogar e diz frases como "Arrume seu próprio jogo!", quando o moleque diz que é a vez dele.

Apesar de em geral não ser algo legal, ser uma tosqueira louca,e o tipo de coisa que com o tempo passando, vai deixando saudades, fica meio como a marca de um certo tempo. Vai virando algo nostálgico e especial, que é sim feio, mas é característico e trás boas lembranças. Isso fez com que passassem a surgir comerciais simulando aquela época, como o espetacular trailer de Thief Town, que taca dois nerds admirando um jogo com gráfico tosquíssimo e dizendo "E olha esses gráficos! TÃO REAIS!", é o tipo de coisa que com certeza rolava naquela época.

Mas nem sempre a coisa está presa a um produto real, os comerciais dos anos 90 se tornaram tão inspiradores, que as pessoas passaram a simplesmente ter vontade de fazer o próprio produto deles. Até porque tinham umas coisas que eram verdadeiros absurdos de tão tranqueiras que eram, verdadeiros frutos da era do Populuxe, e internautas com toda a vontade de extrapolar acabam fazendo coisas como o bizarríssimo Cockmasters, baseado nos desenhos esquisitíssimos da época como "As múmias vivas", afinal de contas quem é que pensa em coisas como múmias lutadoras? Hahaha.

E essa é uma coisa que se tornou uma baita de uma influência à cultura pop e que hoje em dia se vê constantemente zueiras. Mas uma coisa que é também muito comum de ver ver é em como esses vídeos parecem novos, não passam a mesma impressão de uma coisa realmente antiga, por exemplo o fantástico curta metragem de Blood Dragon, é algo que você vê os efeitos de vídeo velho, mas fica bem claro que foi feito bem fora daquela época.

Então tudo normal, já vi diversos vídeos nesse estilo, a maioria muito legal, sendo alguns verdadeiros vídeos da época e outros umas tranqueiras bem forçadas. Mas quando o meu amigo Leandro me mandou um certo comercial dos anos 90, fiquei muito surpreso com a coisa, antes de tudo confiram:

Vão dizer que vocês não ficaram surpresos com essa bagaceira aí toda que apareceu? Tem todos os elementos, musiquinha, personagens exagerados e tudo mais. Tenho que assumir que na primeira vez que assisti, fiquei completamente confuso, porque parecia tão real, por outro lado a situação era tão absurda que não era possível.

Quando fui ver mais detalhes é que descobri que na verdade o grande toque especial (e genial) da coisa, é que os caras gravaram, e ao invés de só tacarem efeitos em algum editor e ficar com aquela cara de coisa nova, com efeito antigo, eles pegaram a filmagem, gravaram em um VHS, depois extraíram ela do VHS, e o resultado foi essa qualidade tão real. Espetacular a ideia, não acham? A equipe disse que até eles ficaram surpresos, porque não imaginaram que ia ter essa diferença toda. E caramba, que monstrengo bizarro ein? Esse monstro aí é digno das criaturas do filme A coisa.

Nenhum comentário: