Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Town of Salem - Um jogo com clima de assassinato! O_O'

Esse é um daqueles jogos onde se vê uma jogabilidade rápida, porém muito robusta e com uma quantidade gigantesca de possibilidades, fazendo assim com que naturalmente se torne algo atraente e facilmente consiga prender bastante. Town of Salem é o tipo de multiplayer perfeito para quem quiser passar o tempo em algo que fará lembrar rapidamente as brincadeiras apresentadas em festas e que certamente você vai gostar muito.

Apesar de se tratar de um jogo foco total no multiplayer, também existe uma trama por trás da coisa e assim você sente bem rápido a atmosfera de mistério no lugar. Tudo se passa na cidade de Salem, onde repentinamente começa uma série de assassinatos que deixa a população apavorada e em meio ao caos, todos começam a desconfiar uns dos outros e se acusar, no entanto nem sempre estão certos, fazendo assim com que a coisa fique ainda mais caótica.

Esse jogo é baseado em um jogo de cartas clássico, que é o Mafia, esse jogo foi criado por Dmitry Davidoff no ano de 1986 e acabou se popularizando mais pelo nome de Werewolf, e depois ganhando uma quantidade enorme de adaptações, incluindo o próprio "Town of Salem" tem uma versão física da coisa, e eu já cheguei a escrever sobre um desses aqui, que é a versão brasileira Adoradores de Cthulhu.

Basicamente a jogabilidade é igual a versão física, mas foram adicionados certos elementos muito interessantes e que causam uma diversão extra, como por exemplo a carta de últimas palavras que o jogador pode deixar para que todos leiam depois, o que pode gerar uma baita de uma repercussão, ou mesmo o chat entre espíritos que apenas alguns jogadores tem acesso.

Então um grupo de jogadores entra na sala, e são selecionados alguns dos trinta papéis disponíveis no jogo, sendo que nem sempre alguns estarão disponíveis, fazendo assim com que a coisa varie bastante, cada papel tem habilidades próprias que pode usar ou beneficiá-los de alguma maneira, no entanto é preciso usar sabiamente, já que apesar de poder causar benefícios, se revelar como sendo um personagem também pode fazer com que você se torne o próximo alvo.

O jogo se passa em fases, sendo que durante a noite é quando aqueles que pegaram as cartas de assassinos conversam e decidem quem vai morrer, e alguns outros personagens também podem vagar por aí, mas podem se tornar os alvos. Durante o dia os corpos são achados e os jogadores, incluindo os assassinos devem votar em alguém para ser morto, essa pessoa tem o momento para dar o depoimento dele e se for convincente pode provar que não é culpada, e assim o jogo vai sendo conduzido.

Cada personagem usa suas habilidades de forma a tornar tudo muito mais gostoso, por exemplo os personagens que morreram podem entrar em contato com o médium e indicar quem são os assassinos, mas esses espíritos podem fazer parte dos assassinos e tentar enganar um médium, já durante o dia esse personagem pode explicar aos outros que sabe quem é, mas se ele se revelar como alguém que pode se comunicar com os mortos, pode virar o próximo alvo, por isso tem que falar de uma forma que convença outros, mas sem se tornar alvo, enquanto algum dos assassinos pode até mesmo fingir ser o médium e acusar pessoas, mas o verdadeiro médium vai perceber que ele é um charlatão. Esse exemplo foi apenas de um personagem, então imaginem as possibilidades com trinta?

Enfim, Town of Salem é um jogo muito gostoso e que certamente fará diversas pessoas o jogarem por um bom tempo. É possível jogar só com amigos, mas se você for jogar online, terá que se aprofundar em seu inglês, é até possível achar pessoas que falam português, mas em geral as conversas são na língua inglesa mesmo. Quem se interessar é só dar uma conferida no site oficial do jogo.

Um comentário:

Eduardo disse...

Vou dar uma conferida, me lembrou bastante Mush e Space Station 13..