Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

A hora do pesadelo - Um clássico do universo trash!

Atualmente me deu vontade de assistir "A hora do pesadelo", afinal de contas o Freddy Krueger é uma baita de uma inspiração para a cultura pop, e para se tornar um filme com tantas continuações, o primeiro deveria ser no mínimo bom, ainda mais após a surpresa que foi na época que assisti o primeiro filme do Jason, que simplesmente me surpreendeu demais. Sendo assim eu estava esperando que Freddy me desse exatamente o mesmo tipo de surpresa.

A história do filme apresenta um grupo de quatro jovens que começa a ter os mesmos sonhos com um homem que usa uma luva cheia de garras, mas o que no começo parece ser apenas uma coincidência, logo se mostra muito mais, com o brutal assassinato de uma das garotas, e a culpa caindo em seu namorado, que também tem os sonhos estranhos.


Indo direto ao ponto, esse é um filme que no final das contas, eu acho que envelheceu. É notável que para 1984 é um bom filme, usa muitos elementos interessantes, cria toda uma mitologia em cima, e até há um desenvolvimento com certas revelações, por exemplo só é falado pela primeira vez o nome de Freddy Krueger no meio do filme, e somente aí é que é revelado quem ele é, esse é um elemento bem legal na coisa, pois normalmente se espera que no começo já mostre tudo e depois é que comece a chacina, mas pra minha surpresa o filme já começa indo direto ao ponto, praticamente como se estivesse no meio da história, com a garota sonhando e já todo aquele clima de medo do homem dos sonhos.

Em questão de efeitos especiais, o filme varia entre o muito bom e o trash, e bota trash nisso, pois como podem ver na imagem da postagem, os caras usam bonecões mesmo! Tem umas cenas que são de dar vergonha. Mas existem bons momentos, apesar de exagerados, por exemplo o jorro de sangue que sai da cama de um dos personagens que é sugado pra dentro do colchão, ou a garota levitando e sendo arrastada pelas paredes enquanto é rasgada, são cenas que eu fiquei me perguntando como foi que os caras fizeram.
O vilão principal dá um toque trash ainda mais especial para a coisa, e com certeza pode gerar belas gargalhadas, afinal de contas ele é aquele tipo que sabe que está fazendo maldades e você vê que ele se diverte muito com isso. Tem momentos como a garota esperando a ligação do namorado, e então ao atender, do nada aparece uma boca no telefone e fala "Sou seu namorado agora Nancy" e dá aquela lambidinha marota na boca da garota kkkkk, é muito ridículo. Ou mesmo quando ela tá fugindo, olha para a porta e vê Krueger  usando uma máscara bem mal feita que é do rosto da primeira garota que morre e então "ela" começa a falar "Socorro... Socorro Nancy... Você precisa me salvar..." daí o tira a máscara e diz com a voz grossa "Do Freddy!" kkkkkkkkk, é só a bagaceira o negócio.

Mas apesar das coisas legais no desenvolvimento e mistério, é um filme que não me convenceu tanto quanto eu queria... De uma maneira pode parecer charmoso, e acho que na época até deve ter sido bastante, mas no fim das contas não falam nada sobre como diabos ele está aparecendo nos sonhos. Sendo assim tudo bem que você pode achar incrível o fato do filme não se preocupar em dizer e apenas sair mostrando as chacinas, isso pode ser visto como uma daquelas histórias onde se vê algo mais grandioso, o universo como um lugar caótico e onde não é preciso ter explicação de tudo, o que se sabe é que o mal está ali e é necessário enfrentá-lo, mas pode ser que o que você sinta é que não pareceu algo profundo e sim mal explicado, e sem noção, afinal de contas de repente o cara começa a aparecer e matar gente, mas e aí? É isso? Então depende mesmo de quem assiste, a sensação pode variar, infelizmente estou no segundo grupo e gostaria de um pouco mais de informação, até porque o filme é bem lento na sequencia de acontecimentos, as coisas não parecem empolgar muito.

Então esse é um filme que eu esperava mais, como é o primeiro da franquia, eu pensei que era um filme de terror inesquecível e tão bom que graças a isso fez ter inúmeras sequencias, porém acho que o que mais impressionou foi a ideia dele e não o desenvolvimento mesmo, mas de qualquer forma é um bom filme para a sua época, só que envelheceu e se fosse lançado hoje em dia, certamente não teria impacto algum.

Mas enfim, um último detalhe que não posso deixar de citar, é que o Johnny Depp é um dos personagens principais, algo interessante, já que normalmente esses atores de filmes de terror parecem aparecer só naquele filme e sumir pra sempre, mas aqui a coisa foi diferente, e o final foi ótimo na minha opinião, acho que acabou com uma atmosfera bem intensa. E mesmo eu não achando o filme grande coisa, tenho que recomendar, afinal de contas é um clássico que influenciou demais a cultura pop, então assistam pelo menos a nível de curiosidade. Você pode conferir o filme aqui.


Um comentário:

Fay Renard disse...

Concordo. Assisti há alguns anos o primeiro Sexta Feira 13 e gostei tanto que até hoje já assisti quase todas as sequências e nenhuma delas deixou de me surpreender. Decidi assistir o primeiro A Hora do Pesadelo e, mesmo sabendo que o filme era altamente nonsense não estava preparado para um final que não explicasse literalmente nada da história.