Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Zoo Rampage - Um jogo para quem odeia zoológicos

É engraçado como tem alguns jogos que nos pega de surpresa com a sua jogabilidade bem diferente do que imaginávamos, e esse é bem o caso de Zoo Rampage, um jogo que eu pensava que era mais um jogo do gênero CMS, o que me empolgou e de imediato fez eu querer experimentar, no entanto foi uma baita de uma surpresa quando descobri que na verdade é exatamente o contrário de construir, e aqui o objetivo é destruir tudo! Algo que logo me fez dar belas gargalhadas e causou um bom entretenimento.

Não existe uma trama no jogo, ele é daquelas obras feitas puramente com o objetivo de entreter, e para isso deu aquele toque insano que alguns jogos como Goat Simulator tem, e assim é mais como um jogo para aproveitar o momento, que algo com foco em uma trama complexa, especialmente jogadores de títulos que carregam uma jogabilidade arcade certamente irão gostar muito.

A mecânica é simples, você escolhe uma área do zoológico e depois escolhe um dos animais ali presentes, após isso vai começar uma contagem regressiva e você deve se rebelar, saindo indo contra a cerca e fugindo do lugar. O objetivo é matar o máximo de humanos possível e destruir tudo que estiver pela frente, quanto mais destruição e matança, mais pontos você vai ganhar, além disso ainda é possível liberar animais de outras jaulas para te ajudar a deixar as coisas ainda mais caóticas.

Os empregados do zoológico entrarão em desespero e farão de tudo para te deter, por isso enquanto a maioria das pessoas irá correr desesperadamente, haverão aqueles que irão em sua direção tentando te eletrificar para que você finalmente fique imobilizado e assim enjaulado. O jogo tem um tempo para você destruir as coisas, porém se você for pego, a partida irá terminar imediatamente.

Existe ainda a opção de jogar um modo cooperativo local com até quatro amigos, onde cada um assume o papel de um dos animais, e naturalmente as coisas vão a outro nível, já que quando você joga sozinho, os animais destroem o que estiver pela frente, mas vão embora e saem do cenário, e com o multiplayer, o caos sempre estará presente.

Graficamente o jogo é decente, não chega a ser algo que chama a atenção, mas também não é algo feio, apenas um 3D simples. Existem diversos elementos pelo lugar, e em geral as coisas são destrutíveis, até mesmo construções de concreto parecem isopor se você for com um animal pra cima delas, além de efeitos como explosões e coisas que saem voando.

Enfim, esse é um jogo que pode não ser completamente viciante, mas que certamente trás uma diversão momentânea, especialmente para aqueles que podem jogar o modo cooperativo. Quem se interessar é só dar uma conferida no site oficial do jogo.

Nenhum comentário: