Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Sherlock Holmes: Crimes and Punishments

Esse é um daqueles jogos que te deixa bem fascinado com a forma que as coisas vão sendo conduzidas, naturalmente sendo um jogo do Sherlock Holmes é óbvio que a investigação é algo natural, porém normalmente uma coisa que pode espantar alguns jogadores, é que em geral os jogos desse tipo são point and click, mas aqui você tem uma sensação de liberdade muito maior, a de estar vagando pela cidade e coletando dados, tudo ocorre de um jeito muito natural, passando uma gostosa sensação de vagar por aí e ver as coisas acontecerem.

Dessa vez a história não tem foco em apenas um caso, mas sim seis, sendo assim esse jogo é um verdadeiro simulador de Sherlock Holmes, te colocando para viver o dia a dia do genial detetive inglês, e assim enfrentando os mais complicados casos envolvendo variados crimes, como assassinato, desaparecimentos e roubos. As ruas estão lotadas de criminosos, e você tem que estar preparado para lidar com as piores situações, começando pela brutal morte de um home, que foi atravessado por um harpão.

Bom, tenho que falar logo de imediato, que a jogabilidade difere um bocado de Sherlock Holmes: The Awakened, e dessa vez você não tem um ambiente aberto, o que de imediato pode parecer que tirou a liberdade, mas por incrível que pareça, o jogo acaba transmitindo tudo de uma forma tão suave os acontecimentos, que você simplesmente se sente entretido demais e muito envolvido no caso para ter alguma sensação de estar preso. Por exemplo, quando você vai até a porta da sua casa, aparece o mapa da cidade, e a escolha do destino, você clica nele e muda pra cena do personagem na carruagem, lá você pode fazer coisas como acessar o diário com um monte de informações de tipos variados que ajudam tanto a saber o rumo, como a ligar os casos, e pode também acessar a sua "mente" e fazer ligação de certas informações, gerando assim novos dados para o caso. Essa carruagem é na verdade a tela de loading, e é bem rápida, sendo assim além de ser uma ótima distração, ainda simula bem um momento para se pensar.

Existem diversos lugares da cidade, e dependendo do que é preciso ser investigado, você vai até lá e começa a análise, acontecem muitas coisas durante, o jogo, sendo assim você sente que sempre está em movimento, por exemplo de repente você pode estar no seu apartamento fazendo uma análise de algo, e então surge um oficial dizendo que estão precisando de você em um certo lugar, sendo que você pode deixar isso para depois e fazer algo que julgue mais urgente primeiro.

Esse é um jogo com consequencias, e aqui você não simplesmente controla o personagem e o direciona a um destino inevitável. Dessa vez você tem reputação e julgamentos morais, portanto você não precisa ser exatamente bonzinho, pode ser bem barra pesada mesmo, ou simplesmente tapear aqueles que estão sendo investigados, ocultar informações e ver até onde certas coisas vão. As suas ações irão ter retorno, então algo que você faz, pode acabar mudando o rumo das coisas. O mesmo ocorre para suas habilidades de investigação, não é preciso coletar tudo para se solucionar um caso, as vezes você pode solucionar ele de uma péssima forma, e no total o jogo tem seis casos com dez finais cada! Então é impressionante a quantidade de rumos que as coisas podem tomar, você se sente livre.

Existe um sistema bem interessante de observação, nele você pode usar habilidades para ver coisas ao seu redor e simular o que ocorreu ali, isso é bem interessante, pois acaba ajudando o jogador a se sentir tão inteligente quanto Sherlock Holmes, você de repente ativa suas habilidades, e pode olhar coisas que normalmente não conseguiria, assim como ligar fatos e assim simular um suposto acontecimento, que não necessariamente significa que foi assim que ocorreu, mas te coloca na linha de raciocínio do personagem.

Na sua casa você tem um pequeno laboratório para fazer experimentos, e uma estante com jornais e livros, ali você pode procurar certas coisas por tema. É bem fantástica a forma que isso simula uma pesquisa, de repente você pega um item, vai até a sua estante, escolhe um tema, e vê coisas relacionadas a aquilo, e assim vai filtrando até conseguir chegar a algo que bata, te dando assim uma nova informação para usar. Outro detalhe interessante, é o sistema que já citei, onde você pega duas informações e as une, isso é apresentado de uma maneira que parecem ser impulso elétricos do cérebro do detetive, se as informações parecerem bater, você consegue visualizar algo novo.

O gráfico está LINDO! Existe um toque mais sombrio nesse jogo, e eu gostei demais disso, você observa já no visual do próprio personagem, que não é aquele clássico que tanto conhecemos, apesar de que você pode também mudar isso e deixar ele no visual padrão, assim como vários outros estilos, como por exemplo careca. Os ambientes por onde você passa são maravilhosos, cheios de detalhes, efeitos de luz e sombra, existe um clima intenso em cada lugar. Existem também dois tipos de câmera, em terceira pessoa, onde você pode girar a câmera ao redor do personagem enquanto o move com W,A,S,D e o ângulo em primeira pessoa.

Enfim, Sherlock Holmes: Crimes and Punishments é um jogo maravilhoso, para aqueles que amam investigação, certamente irão ficar fascinados com a forma com que as coisas são conduzidas, irá sentir uma grande liberdade e vai viciar rapidamente. Quem se interessar pode dar uma conferida no site oficial do jogo.

Nenhum comentário: