Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

The Sun at Night - Uma versão alternativa era soviética

Esse é um jogo que apresenta algo que eu gosto muito, porém com um certo toque infantil. Estou falando de versões alternativas de alguma era da história, mas normalmente esse tipo de trama costuma apresentar um tema com um certo clima tenso, só que aqui as coisas são bem mais suaves, te colocando no papel de um cachorro espacial durante a era soviética. Para quem gosta de metroidvanias, com certeza The Sun at Night pode ser uma bela opção de entretenimento com seus toques especiais próprios.

A história começa quando um cachorro cai do espaço em uma nave, e logo é achado por um soldado, mas não demora para que se perceba que esse não é um cachorro normal, pois além de vestir uma estranha armadura eletrônica, conversa como se fosse uma pessoa. E assim, o soldado o leva para a base militar e enquanto tenta recuperar suas memórias, o animal passa a ajudar e fazer parte das operações.

Esse é um jogo com elementos de vários outros, a primeira vista parece ser apenas um jogo de plataforma, porém acaba sendo melhor classificado como metroidvania, já que você não apenas vai passando pelos lugares até chegar ao final da fase, mas sim tem que explorar diversos ambientes, e ir fazendo missões, enquanto vai e volta em certos lugares, podendo chegar a decorar os ambientes, já que aos poucos começam a se tornar familiares.

Você é equipado com uma arma laser, e um escudo que pode ser ativado a qualquer momento, gerando um campo de força ao redor do personagem, e impedindo danos de certas coisas, como eletricidade e fogo. Mas as habilidades do personagem podem ser melhoradas e variam de jogador para jogador, podendo fazer atualizações de maneiras diferentes em sua árvore de talentos.

O jogo é bastante movimentado em certos momentos, te permitindo correr, saltar, e atirar, enquanto desvia de inimigos, além de também te colocar para enfrentar chefes, no entanto há os seus momentos mais tranquilos, no enorme campo militar você tem vários lugares para explorar e ir fazendo missões enquanto fala com outros personagens.

O visual do jogo é agradável, existe um toque semelhante ao de desenhos animados, apesar de que achei um pouco vazio em certos momentos, ficando assim aquela divisão entre um visual muito legal, porém sem apresentar tantos elementos, especialmente nos fundos. Uma outra coisa que eu não gostei muito foi ter que apertar o botão para entrar nos lugares quando chego a uma extremidade, acho que isso tirou um pouco a fluidez da coisa, além de que nesses momentos você sente um pouco de peso no jogo. Já nas apresentações, eu achei tudo muito perfeito, super bem detalhado mesmo.

Enfim, ta aí um jogo gostoso de se passar o tempo, um metroidvania com os seus toques próprios e uma história de realidade alternativa com alguns toques de fofura. Quem se interessar pode dar uma conferida no site oficial do jogo.

Nenhum comentário: