Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Deadbreed - Um moba em um universo sombrio

Tenho que assumir que eu não sou um jogador frequente de MOBA'S, porém o ambiente sombrio desse jogo, com um estilo um tanto bizarro dos personagens acabou me atraindo um bocado e decidi experimentar, mas para pegar melhor o estilo, eu resolvi chamar meu amigo Pedrinho, que costuma jogar MOBA e assim pude pegar algumas dicas e observar melhor o multiplayer, que obviamente é o foco do jogo, apesar de existir o modo de praticar, onde o jogador treina jogando contra o computador.

Sei que muitos aqui são familiarizados com MOBA's, mas eu prefiro dar uma explicação pra já deixar claro, afinal de contas por mais que seja um gênero que tenha se tornando famoso, há muitas pessoas que nunca pararam para jogar um. O jogo tem partidas que podem ser jogadas solo ou em equipe, com modo 1x1 até 3x3, e o objetivo é evoluir o seu personagem, e atacar a base inimiga, atravessando torres que defendem o caminho. Hordas de criaturas vão sendo enviadas automaticamente de tempo em tempo para ajudar na invasão, e assim você tem que aproveitar esses momentos para atacar junto e evitar tomar muitos danos.

Uma coisa que eu achei bem interessante nesse jogo, é que ele tem entidades chamadas sentinelas, elas são os últimos chefes do jogo. No início da partida os jogadores votam em qual sentinela representará a equipe, a que ganhar irá ficar na base. O seu objetivo é destruir ao menos um monolito (as torres de defesa) do inimigo para que seja quebrado o selo que fecha a porta para o salão onde a sentinela está. Sentinelas são criaturas gigantescas, e os último chefes, sendo assim se você conseguir vencê-lo, ganhará o jogo. Mas essas criaturas não são apenas os últimos chefes, elas tem forças e fraquezas, sendo assim o inimigo não sabe se a sua sentinela será preparada exatamente para eliminar a raça que ele escolher, ou se será bem fraco contra essa raça. Outra coisa bem legal é que ela pode dar bônus aos personagens, fazendo assim com que os jogadores se adaptem.

Uma coisa interessante sobre sentinelas, é que o jogo tem o prêmio de conexão diária, e existem as linhagens de sentinelas, e isso pode ser algo tentador, afinal de contas manter a lealdade para uma linhagem de sentinela ou para um único sentinela pode ser algo que garanta boas vantagens, mas e se estiver vantajoso começar a investir em um outro? Você vai resistir a tentação? Ou vai se manter firme e continuar sempre escolhendo aquela?

Os gráficos do jogo são realmente muito lindos, especialmente por estar sendo feito por apenas três desenvolvedores, o que é bem impressionante, achei tudo muito polido e fluído, o visual dos personagens é bastante bizarro, e o próprio cenário é todo sombrio, com a equipe inteira despertando de covas e então começando o combate. Ainda existe um sistema de dia e noite que afeta a visão dos personagens, e as vantagens ou desvantagens que esses podem ter em determinada hora do dia, sendo que cada período dura um minuto e meio, e há um intervalo durante a mudança, por isso pode ter aquele nervosismo de "Vai... A noite ta quase chegando, faz logo isso!".

Os personagens se adaptam às armas que eles estiverem equipadas, por isso eles tem habilidades próprias, mas dependendo do que você colocar nele, a jogabilidade vai mudar e você tem que se adaptar aquilo, isso gera uma bela quantidade de possibilidades e permite assim que os jogadores testem a melhor maneira de jogar. Existem ainda os artefatos, itens que podem aparecer a qualquer momento e que contém sockets que podem modificar completamente os seus atributos. O visual dos personagens pode mudar completamente dependendo do que você tiver equipado, é bem incrível por exemplo começar com um personagem que é um esqueleto, e depois equipá-lo com uma capa e um arco, fica muito estiloso.

O jogo contém diversas dungeons espalhadas pelo cenário, não existe apenas o caminho de cima e de baixo no cenário mas há também o meio, onde você pode passar por atalhos e ver diversas portas onde pode entrar e encontrar tesouros, com várias criaturas os defendendo, isso te faz pensar, ir se arriscar em dungeons, ou defender os monolitos? Será que os prêmios serão lucrativos? Existem ainda certas portas misteriosas que você tem que descobrir como ter acesso, pois existem portões fechados.

Existem essências de três elementos que podem ser coletadas em uma partida, a primeira é a de espírito, que é arrancada de inimigos que morrem, a segunda e a terceira brotam em plantas, que voltam a brotar de tempos em tempos após coletadas, essas são a de sangue e a de néctar. Cada uma dessas essências podem ser usadas de maneiras específicas, por exemplo existe um lugar chamado de "Pedra do Trol", se você arrastar uma gota de sangue e colocar nela, um Troll enorme é invocado e parte em direção à base inimiga, mas ele ataca qualquer um que tiver pela frente, incluindo você e seus aliados, porém se você tiver ao menos uma gota de néctar, ele simplesmente te ignorará, as essências podem ser usadas de formas variadas.

Há também o banner da base inimiga, você pode ir até lá, pegar o banner deles e levar para a sua base, isso dá pontos a sua equipe, da mesma maneira que você pode ganhar matando inimigos, e coletando néctar. Essa pontuação pode levar à vitória, mas o mais emocionante mesmo é quando o final da partida é decidido se enfrentando uma Sentinela, que aguarda atrás da base inimiga em uma porta, com uma barra de vida imensa e ataques poderosos, além é claro de inimigos tentando te deter o tempo todo.

Enfim, para fãs de MOBA essa pode ser uma bela opção bastante divertida, recomendo ao menos darem uma olhada para você mesmo analisar a mecânica e ver se é do seu agrado. Para quem se interessar pode dar uma conferida em mais informações no site oficial do jogo.

Nenhum comentário: