Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quinta-feira, 26 de junho de 2014

The Flash - Conheça o seriado de 2014 baseado no herói

Acredito que The Flash nunca foi um dos meus heróis favoritos e que tive vontade mesmo de ler algum quadrinho, o poder dele nunca me foi exatamente algo extraordinário, me parece muito a cara daqueles heróis inúteis que surgiram na época em que todo roteiristas desesperadamente precisava criar um herói e acabou fazendo qualquer coisa. Então esse negócio de homem que corre mais rápido que todos não é algo que me surpreenda não...  Por outro lado, sempre o achei carismático em suas aparições. Tenho boas lembranças especialmente a partir do desenho da liga da justiça, apesar de que sei bem que aquele não era o único Flash (Não, ele não é o mesmo da série), porém acabou ficando marcante. E claro, eu não poderia deixar de fazer uma análise do seriado de 2014 baseado no herói.

A história apresenta Barry Allen, um jovem que trabalha como policial forense, mas que tem um passado negro, sua mãe morreu em um estranho evento que ele nunca soube explicar, e seu pai foi preso acusado de ter assassinado a mulher. O garoto sempre soube que o pai não foi o culpado, mas ninguém jamais acreditou em seu relato. Mas a vida de Barry muda quando um experimento com acelerador de partículas acaba dando errado e gerando o caos pela cidade, fazendo com que muitos morram, e outros adquiram certas habilidades.

Na hora que vi a série, eu senti um aperto, porque lembrei imediatamente de Smallville, afinal de contas Flash é da DC e já viram né? Inclusive quando aquele outro seriado acabou, eu me neguei a começar a assistir Arrow, porque depois de 10 anos foi um alívio finalmente me livrar daquela bagaça e não ter abandonado (odeio começar algo e não terminar). Mas acabei indo tranquilamente dar uma olhada para ver se poderia ser bom.

Uma coisa que achei engraçada, foi a sensação de que eu tive nos primeiros momentos do primeiro episódio, como se estivesse assistindo um filme do homem aranha, alguma coisa nessa série me lembrou muito a trilogia original, e por outro lado o personagem que interpreta o Flash tem traços faciais que me lembraram o Peter Parker do Espetacular Homem Aranha. Toda a forma em que as coisas vão sendo desenvolvidas e tal tem aquele climinha emocionante do personagem fracassado que vai virar o fodão.

Felizmente, a série não apenas me deu a sensação dos filmes do Aranha, mas também acabou me gerando um bom momento de entretenimento, apesar de não usarem tantos efeitos especiais quanto eu gostaria que usassem, o super poder do Flash é muito bem utilizado, ficou estiloso poder ver o personagem observando coisas acontecendo em câmera lenta, ou correr atrás de um carro, abrir a porta e entrar nele.

Também já deram de cara um toque de outra obra na série, inicialmente eu acabei me confundindo quando vi a personagem Caitlin Snow, que achei parecidíssima com a personagem Jemma Simmons, de Agents of S.H.I.E.L.D, inclusive é uma cientista também, daí veio um "Caramba, vão usar personagens da SHIELD nessa série?" só que logo depois me veio um... "Pera aí... Mas a SHIELD tem a ver com os Vingadores... Que é da Marvel... E o flash é da liga da justiça, onde tem o Super Homem, portanto da DC... Então... MAS QUE DIABOS? Ò_Ò!" e logo imaginei que a mesma atriz tinha caído fora e entrou em outra série de heróis, só que não, apenas são um tanto parecidas mesmo com aqueles jalecos hehehe. Mesmo assim existe sim um crossover já de primeira, onde aparece o Arqueiro Verde, com o mesmo ator que interpreta o personagem em Arrow, algo que gostei demais apesar de eu não assistir essa série, dá um toque bem especial.

Agora uma coisa que eu realmente não gostei nem um pouco foi da roupa do personagem, sei lá ela é muito bizarra, acredito que os caras poderiam ter feito algo mais bonito, não é possível que tenham deixado assim pra economizar, tudo parece um tanto "mecânico" demais, e não uma roupa natural que se liga do começo ao fim, tem mais cara de armadura.

Enfim, eu achei The Flash uma boa série, não algo intenso e profundo, mas um tanto divertido, com toques de humor em alguns momentos certos (Apesar de forçarem um fazendo falando trocadilhos com velocidade). Mas para aqueles que procuram uma série de Super Herói, acho que pode divertir um bocado.

Um comentário:

João Luiz S. de O. disse...

Caramba! Mas já começou o seriado? o.O