Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

domingo, 11 de maio de 2014

Ground Pounders - Um jogo para quem ama complexidade

Esse é um daqueles jogos que a complexidade das regras é tão grande que se torna muito fácil assustar aqueles que não conhecem, o que pode ser um problema muito grande, visto que em geral quando alguém começa a jogar algo, a pessoa já está com muita vontade de ir logo ao ponto. Por outro lado para quem domina todas as regras pode ser realmente uma experiência única e realizadora que se torna mais divertida ainda exatamente por não ter regras simples, mas sim um verdadeiro leque de possibilidades e fases que devem ser aplicados.

A trama do jogo é um pouco obscura, envolta no tema guerra e se passa no universo de "Sword of the Stars", aquele mesmo universo de alguns outros jogos como o divertidíssimo The Pit, aqui você tem que escolher uma facção e partir para o combate com outra, com regras realmente no estilo de combates reais, ou seja divisão de tropas, adaptação a certas situações e etc, ou seja a estratégia de guerra é constante.

A jogabilidade pode ser vista como a de um híbrido entre jogo de cartas e jogo de estratégia, porém olhando de uma forma mais direta, é como se fosse um jogo de tabuleiro virtual, ou seja existe a estratégia que deve ser tomada para destruir os inimigos, mas existe também rolagem de dados e a presença de cartas. Tudo se passa em turnos e cada turno se faz uma coisa diferente, como se posicionar unidades, movê-las, atacar, reabastecer, entre outras coisas.

Como podem ver a proposta em si é muito divertida, afinal de contas em geral as pessoas gostam de jogos de tabuleiro e adoram bolar estratégias e imaginar o que farão nos turnos que se seguirão, podem analisar as suas vantagens e preocupações, assim como vão surgindo novas surpresas. Além disso as unidades são cartas, e você escolhe um baralho para começar as partidas, sendo que os mesmos podem ser modificados e assim gerar partidas únicas.

O grande problema de Ground Pounders e que pode assustar rapidamente os jogadores, é ao mesmo tempo exatamente o que pode acabar deixando muitos jogadores viciados. Trata-se de sua complexidade, simplesmente os tutoriais são MUITO CHATOS, o jogo apresenta um monte de tutoriais de regras, com muito texto, e que demoram um bocado para se concluir. Isso sem contar que alguns elementos do jogo são um pouco difíceis de se entender ao certo, e não estou falando apenas por mim, testei o jogo com um amigo e a sensação foi a mesma, fui pesquisar um pouco sobre a reação de outros jogadores e os mesmos também acharam os tutoriais muito cansativos.

Quanto ao multiplayer, é um jogo que pode acabar te divertindo demais com seus amigos, realmente as possibilidades de estratégias e baralhos diferentes dão aquela sensação agradável de se estar desafiando alguém e relembrando os velhos tempos de jogos de tabuleiro. Infelizmente é também um jogo que você precisa conhecer bem as regras para se sentir o que ele realmente tem a oferecer, sendo assim é preciso estar disposto a jogar várias vezes para se ter algumas respostas quanto a alguns aspectos.

Graficamente o jogo é simpático, se passa em um ambiente divididos em hexágonos e as cartas são colocadas nas mesmas, o visual é um pouco cheio de coisas e por isso pode se tornar um pouco assustador, mas para aqueles que gostam de se sentir mexendo em algo complexo, pode ser uma baita de uma diversão.

Enfim, esse é um jogo que eu recomendo para quem tem paciência, porque para se dominar é necessário investir tempo e se saber inglês, ou pode ser realmente algo complicado de se aproveitar de verdade, se você se interessar pode dar uma conferida no site oficial do jogo.

Nenhum comentário: