Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Fear, INC - Nunca deseje sentir medo de verdade...

O medo é uma sensação que temos originalmente para nos proteger, a auto preservação é uma coisa bem natural. Apesar disso, ele nos faz sentir fortes emoções com a adrenalina e isso pode ser um tanto viciante para alguns. Sendo assim, a possibilidade de se sentir medo e estar seguro acaba sendo uma enorme atração para muitos, especialmente quando é algo que envolve a curiosidade humana, que é tão intensa. Graças a isso filmes de terror são um verdadeiro prato cheio para aqueles que querem tomar bons sustos, e o fato de na maioria das vezes envolverem algo misterioso, oculto, etc, faz com que sirva de verdadeira isca para que as pessoas vão assistir.

Apesar de tudo, o medo só surge quando nos sentimos de alguma forma ameaçados, graças a isso tem certas coisas que perdem o efeito já que nós nos acostumamos com o terror. Por exemplo a pessoa acorda em um quarto presa com uma abominação, ela grita, chora, entra em desespero e a coisa fica ali parada no canto do quarto, a pessoa vai continuar a espernear, mas depois de um tempo, ela vai simplesmente parar, e se a manterem presa no lugar passando só água e alimento e deixando ela um ano por lá e a abominação não fizer nada, a pessoa simplesmente vai passar a achar normal, provavelmente vai até querer pegar na coisa graças à curiosidade e tédio.

Filmes de terror então acabam tendo que inovar constantemente, o que não acontece e faz com que vejamos uma chuva de clichês que acabam só realmente impressionando o público pré-adolescente que está tendo o primeiro contato com filmes do gênero, e às vezes nem ao menos esse público consegue impressionar, se tornando assim apenas um filme para se passar o tempo.

Fear, INC é um curta metragem que fala exatamente sobre isso, o costume do medo e como para os que realmente tem vontade, pode ser um verdadeiro tédio. No caso é apresentado um casal onde o homem fala que não gostou do que viu e não achou nada assustador e ele queria passar por uma experiência que realmente o fizesse chorar de medo, até que vê um anúncio de algo que promete ser uma experiência assustadora, o que para o azar dele não está mais disponível já que todos os ingressos foram vendidos, mas a decepção não dura muito tempo quando uma outra coisa passa a acontecer pra valer... Confiram:

Nenhum comentário: