Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sábado, 10 de maio de 2014

Deathstroke: Arkham Assassin - Um curta muito violento!

Normalmente quando fazem curtas metragens baseados em uma obra, o comum é colocarem o protagonista da obra como o personagem principal. Quando isso é referente a super heróis então a coisa se torna bem mais provável ainda, afinal de contas é exatamente o cara do bem que as pessoas querem ver em ação. No entanto os diretores Chris White e Larry White resolveram dar uma bela de uma variada no curta metragem Deathstroke: Arkham Assassin.

Nós já vimos Batman como o personagem principal de vários curtas, como por exemplo o City of Scars, ou o sombrio Batman Delivrance, ambos muito bons por sinal. Mas nesse o homem morcego simplesmente não é o foco, tornando-se apenas um coadjuvante completo. Ao invés dele, quem nós vemos em ação é o vilão Deathstroke, que no Brasil foi batizado com o nome de Exterminador, e que acabou sendo exatamente um dos empurrões para o curta receber um destaque maior ainda, e não apenas um filme para alguém perguntar ao amigo algo como "Ei, você viu aquele outro curta do Batman que ninguém lembra o nome exato, e nem o nome dos diretores?" e ao invés disso ficou "Ei, você viu o curta do Deathstroke?".

A história acabou sendo também muito boa, pois a ideia dos caras não foi apenas colocar o vilão dando um rolézinho por um shopping qualquer e matando todo mundo, mas sim encaixaram em uma obra já conhecida, que é o Batman Arkham Origins, onde o super herói está sendo caçado por uma penca de vilões, no caso aqui é apresentado como Deathstroke foi contratado pelo Máscara Negra para matar Batman.

Tenho que assumir que eu não me surpreendi com a coreografia, achei padrão, em alguns momentos um pouco forçada e tal, nada perto do nível que o curta metragem ELEVEN apresenta por exemplo, por outro lado há os seus bons momentos e também não decepciona, ficando assim um combate que consegue cumprir o que apresenta, sem parecer artificial demais, mas ao mesmo tempo também sem ser algo que bate aquele arrepio e te faz dizer "Caramba, essa sequencia de golpes foi fantástica!".

Quanto ao visual, eu gostei muito de como ficou tudo, a fotografia do curta ficou bem legal, um tanto sombria, foram apresentados bons ângulos e tal, e os atores ficaram espetaculares, não são aqueles carinhas fraquinhos que interpretam os capangas, mas sim homens super musculosos, fazendo assim com que fique muito mais fiel aos personagens que Batman costuma enfrentar. Já quanto ao visual dos super vilões, as roupas ficaram muito boas, e antes que alguém veja e ache estranho, o Máscara Negra realmente usa uma máscara(Ao menos em seu início de carreira como vilão), portanto não achem esquisito ele não mexer a boca hehehe.

Enfim, está aí um bom curta metragem que surgiu a partir de uma boa ideia e com a ambientação em que foi encaixado acabou se tornando uma verdadeira pérola que vale a pena assistir, tem apenas oito minutos de duração, confiram:

Nenhum comentário: