Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

segunda-feira, 26 de maio de 2014

A bolha assassina - A versão original lançada em 1958

Acho que muitos aqui já assistiram o filme "A bolha assassina"  de 1988, no entanto o que nem todos sabem é que na verdade aquele é um remake de um outro filme do final dos anos 50. Atualmente decidi assistir a obra original, pois o filme dos anos 80 realmente foi marcante pra mim, por mais que não seja o que eu posso chamar de um dos melhores filmes da minha vida, acho que ele tinha um nível bom pra um filme de terror, ou talvez eu apenas tenha ficado um pouco chocado por ser uma criança. Aquele filme passava direto no SBT e toda aquela bizarrice era um tanto perturbador, a própria ideia de uma criatura indestrutível, capaz de passar por qualquer pequena brecha e com a habilidade de consumir facilmente a carne humana já é um tanto doentia. Tenho que assumir que uma das minhas principais curiosidades em ver o filme original foi querer ver como a bolha agia, afinal de contas aqueles efeitos usados no remake eram bem fodões, então como fazer uma coisa daquelas nos anos 50? E chegou a hora de fazer a análise sobre! Ò_Ò

A história fala sobre um objeto que cai do espaço em uma pequena cidade rural da Pennsylvania, é uma estranha pedra redonda, porém quando um senhor vai ver o que é, descobre que dentro há um tipo de gosma pegajosa que logo se prende em sua mão e a partir daí que começa o terror. A bolha é uma criatura que consome coisas orgânicas e cada vez cresce mais, ela vaga constantemente sem controla em busca de mais. E assim o jovem casal Steve Andrews e Jane Martin são os primeiros a perceber a existência da coisa e sentem no dever de avisar os demais

Uma das coisas que eu adoro em assistir filmes de outras épocas assim, é a sensação que sempre tenho de ser transportado pra aquele ambiente. Como sou acostumado a ver obras que simulam outras épocas, é interessante ver uma obra que realmente é daquela época, ou seja as roupas, carros, ambientes e formas de agir das pessoas não são simulados, mas sim o que realmente era. Acabo achando uma ótima oportunidade de observar uma época que já se foi há muito tempo. E com a bolha assassina não poderia ser diferente, gostei muito de ver a forma de agir dos personagens e como os principais são adolescentes, foi interessante ver como a juventude daquela época era apresentada no cinema, o engraçado é que pelo o que parece não era muito diferente de hoje em dia.

Eu esperava menos dos efeitos da bolha, como é um filme velho, pensei que ia ser pior, mas realmente os caras colocaram uma meleca andante por aí. Quanto a parte medonha nem chega perto da versão de 1988, eu diria até que é meio infantil a história, então não tem aquele gore e pele queimando, o máximo que aparece mais ou menos assim são as duas primeiras vítimas, e também é mostrado de forma tão rápida que você nem pode ver com precisão os personagens sendo consumidos. As vezes que a bolha aparece são normalmente uma bola redonda vibrando, porém há outros momentos em que são apresentadas maquetes pra mostrar ela passando por um lugar. Apesar de simples eu achei bem decente, mas nada ameaçador. Em alguns momentos também usam desenhos foto realistas com alguns efeitos de desenhos animados para simular certas situações, acho que ficou muito bom, embora seja notável que não é real.

Agora os personagens sim são uma desgraça, nossa o negócio é muito trash, a começar pelo casal apresentado que tem 17 anos, mas parecem velhos. Se hoje em dia eu já acho absurdo esses filmes americanos cheios de homens musculosos ao extremo e garotas super modelos que dizem ser adolescentes, naquela época o negócio ia além. Sério se pegassem o personagem principal, e pintassem o cabelo de branco, ele passaria facilmente por um papel de vovô, o cara tem muitas rugas e interpreta o adolescente. Não bastando a péssima escolha, a interpretação é horrorosa, muito sem emoção e na cena em que aparece um cinema e todos saem correndo, eu fiz questão de assistir quadro a quadro, e recomendo que se vocês forem ver, também façam isso. O motivo é que eu tinha que morrer de rir com a cara dos personagens. Pra vocês terem uma ideia, imagine uma criatura gigantesca bizarra entrando em um cinema e matando todo mundo, e o que é que o povo faz? Sai correndo rindo! Todo mundo com um sorrisão na cara, é impressionante como a atuação é uma desgraça hahaha, inclusive tem um dos personagens que vai além, passa correndo com aquela felicidade toda e ao ver um policial, olha direto na bunda dele e dá uma apalpada do tipo "Vai lá garoto! Arrasa! Uhulll!".

Enfim, ta aí um filme que eu achei até interessante de ver, mas não sei se todos teriam paciência, se você for dar uma conferida, recomendo que assista com seus amigos mais engraçados para vocês tirarem um belo sarro, provavelmente será um momento divertido.
Sim, essa musiquinha animadinha tem no filme, afinal é pura diversão uma criatura bizarra consumindo pessoas vivas.

Nenhum comentário: