Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

terça-feira, 22 de abril de 2014

Life Goes On - É preciso morrer pra vencer nesse jogo!

Eu adoro quando coisas diferentes são aplicadas em cima de ideias já manjadas, e isso é o que o jogo Life Goes On consegue fazer de forma incrível, pegando a clássica história de herói explorando uma masmorra e conseguindo aplicar um elemento único e que é o suficiente para classificar o jogo como um tanto inovador e naturalmente chamar a atenção de muita gente.

Não existe uma história complexa em si, basicamente você é um aventureiro e assim tem que atravessar diversas masmorras. No entanto o tema acaba abordando algo um tanto mais profundo, que é o passado do lugar. Você já parou para pensar em quantos aventureiros já não tentaram passar por alguns ambientes, mas simplesmente era impossível? Em Life Goes On você vê exatamente como a vida de cada um desses aventureiros se foi, e em como seu sacrifício não foi em vão e essencial para que outros pudessem prosseguir, e você assume o papel de cada um deles.

Antes que você acabe pensando demais, não, esse jogo não é um roguelike, jogabilidade a primeira vista pode parecer simplesmente a de mais um jogo de plataforma onde você deve atravessar várias câmaras e para isso descobrir a forma de chegar lá, e até certo ponto até que realmente é isso, no entanto o diferencial é o fato de que nesse jogo você simplesmente não conseguirá alcançar o objetivo da câmara na primeira tentativa, não por falta de habilidade, mas sim porque é impossível. Por exemplo existe um lugar com uma pilha de espinhos que se você pisar irá morrer, e é preciso chegar até o outro lado, no entanto a quantidade de espinhos é tão grande que se torna impossível saltar e chegar ao outro ponto por mais que você pule perto da beira do lugar. Então o que você deve fazer? Simples! Se sacrificar para deixar um lugar adequado para que o próximo herói tenha onde cair(o seu corpo) hahaha.

Não preciso nem falar no quanto esse jogo tem uma bela de uma dose de humor, afinal de contas a ideia em si já é um tanto hilária, com você fazendo uma verdadeira pilha de corpos, e no final de cada fase aparece um personagem com um carrinho de mão e a montanha de cadáveres caindo dentro, sendo que se ela for grande demais, cairá em cima do próprio personagem.

O jogo é bastante desafiador e graças a mecânica diferente, é bem interessante como você tem que parar para tentar entender a melhor maneira de se passar de certas situações, sendo que existem certos mecanismos, como botões que precisam ser apertados precisam de um peso em cima, esteiras de espinhos que ficam girando e precisam de algo esperado nelas pare  se ficar em cima. E ainda certos elementos que podem atrapalhar o personagem e exigir agilidade, como labaredas de fogo capazes de destruir os corpos e fazendo assim com que o jogador tenha que ser rápido o suficiente antes que o mesmo seja destruído.

Os gráficos podem acabar iludindo a primeira vista e fazendo parecer que é um jogo semelhante a The Cave, porém realmente isso está apenas no visual. Mesmo assim consegue chamar a atenção, é tudo realmente muito bonito, com um estilo em 2.5D e uma paleta de cores bastante colorida, porém em um tom sombrio que acaba combinando demais com o jogo. Isso tudo acaba ficando mais intenso graças à música bastante épica, que realmente causa uma emoção a mais.

Enfim, Life Goes On é um ótimo jogo para se passar o tempo e aqueles que gostam de desafios e um bom toque de humor certamente irão amar. Se você ficou interessado pode dar uma conferida no site oficial do jogo.

Nenhum comentário: