Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

terça-feira, 22 de abril de 2014

Always Remember Me - Um jogo com clima de paixão! *-*

Assumam, eu sei que às vezes vocês tem uma vontade incontrolável de liberar a menininha que existe dentro de vocês! Não precisam ficar constrangidos, mas agora você não precisa mais se segurar, pois pode jogar Always Remember Me! Um simulador de vida no estilo visual novel, onde você toma as decisões da protagonista em uma história de romance!

A trama apresenta Amy, uma garota que acaba sofrendo um acidente de carro com o seu namorado, no entanto ao finalmente acordar no hospital, ela tem uma desagradável surpresa ao descobrir que seu namorado não se lembra mais de nada, e isso faz com que a mesma acabe tendo que decidir que caminho seguir, se deve tentar ir até o final, seguir sua vida sozinha, ou escolher um entre os vários outros homens disponíveis para namorar.

Hahahaha, eu sei o que vocês estão pensando, provavelmente é "Mas que diabos? Por que ele ta fazendo uma análise desse jogo?". Pois bem, a verdade é que sempre achei interessante os Visual Novels nesse estilo clássico, o meu primeiro contato com esse tipo de jogo foi com um amigo que tinha o computador muito ruim e antigo, deveria ser de 1995 aquela bagaça, e não rodava quase nenhum jogo, mas graças a isso ele acabava por seguir as maneiras mais undergrounds na internet, e inclusive jogos diferentes. Foi assim que vi o primeiro visual novel, não lembro o nome, mas era nesse estilo romance, e assim vi que haviam várias pessoas que realmente gostavam muito desse estilo de jogo.

Esse jogo do meu amigo era nesse estilo relacionamento, um garoto aluno do ensino médio que ia fazendo as escolhas e podia pegar as meninas, nunca cheguei a jogar, especialmente porque na época o meu inglês era terrível, mas sempre achei legal ver esse estilo "underground" dele ser. O tempo passou, meu inglês se aperfeiçoou e acabei experimentando obras semelhantes, porém não naquele estilo, um foi Dysfunctional Systems: Learning to Manage Chaos, e o outro foi da mesma empresa de Always Remember Me, que é o Loren The Amazon Princess. No entanto ambos seguiam estilos um tanto diferentes, o primeiro parece mais um livro interativo, enquanto o segundo está mais no estilo de RPG de aventura.

Sendo assim, quando vi Always Remember Me já pensei "Opa! Hora de finalmente experimentar um jogo do gênero!" hahahaha. Claro, eu não estava imaginando que ia ser a menininha da história, mas mesmo assim em geral o estilo acaba sendo o mesmo. Apesar de tudo naturalmente acaba sendo um jogo que divide públicos.

A jogabilidade te coloca com um sistema de atributos que você pode aperfeiçoar, primeiramente há um mapa onde você pode escolher os vários locais da cidade para explorar, mas nem sempre estão acessíveis, pois existe um sistema de horário e assim você só pode fazer as coisas em momentos certos. Nos ambientes há outros personagens que você pode se relacionar, fazendo assim com que as coisas piorem ou melhorem de acordo com as atitudes que toma com eles, por exemplo existe uma garota que quer muito saber porque a personagem está toda quebrada, eu escolhi que "Não é nada..." e a garota ficou irritada e baixou o nível de amizade. As coisas que você faz aumentam seus atributos e podem dar benefícios em certas ações. E assim você deve ir explorando os locais, conversando com as pessoas, vendo em quem deve investir, e assim vai è_é.

No fim das contar Always Remember Me acaba sendo um jogo para alguns públicos limitados, o primeiro e principal é o de garotinhas apaixonadas que querem sonhar e passar o tempo, o segundo é de pessoas que não são menininhas, mas que certamente irão dar belas gargalhadas com a melosidade do jogo, especialmente se estiverem entre amigos, e o terceiro é o de pessoas que tem um computador fraco e querem apenas jogar algo para passar o tempo. Mas claro, esses são apenas os públicos principais, existe todo tipo de pessoa e obviamente terão muitos que irão adorar, assim como outros que na teoria deveriam amar e acabaram não amando tanto.

O visual do jogo tem um estilo japonês nos traços, por isso pode lembrar animes e acabar fascinando o público otaku. Esse estilo de jogo já carrega como padrão esse visual, portanto acaba não sendo uma grande surpresa, mas mesmo assim vale a pena reforçar, visto que tem muitos otakus por aí que procuram desesperadamente uma maneira de viver uma "experiência anime".

Enfim, esse é um jogo que pode não ser adequado para todos os públicos, mas que certamente cumpre bem o que promete, trata-se de um jogo de romance com todo um climinha, música intensa e que pode gerar belas emoções. Para quem se interessar pode dar uma conferida no site oficial do jogo.

Um comentário:

Rodrigo Pimpão disse...

Visual novel? Gosto muito de Milles, Knight of Anal Tyranny!!! Hue, na verdade só joguei os da Type Moon (Mas aquele jogo realmente existe!)...
Tenho vontade de experimentar um jogo que deve ser bem parecido só que um pouco menos novel: Cherry Tree High Comedy Club
http://store.steampowered.com/app/214610/