Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

terça-feira, 15 de abril de 2014

A lesma brasileira que homenageou Game of Thrones

Na série Game of Thrones, a personagem Daenerys Targaryen é também chamada de Khaleesi pelo nome que significa rainha, e a mesma é a "mãe" dos últimos dragões que existem, muito adorada por aqueles que a seguem e capaz de dar ordem a esses animais. No entanto não estamos em Westeros e no Brasil Khalessi é simplesmente uma lesma cearense. Sei que pode parecer brincadeira, mas realmente é verdade!

Tudo começou em 2013 quando pesquisadores brasileiros, da Universidade Federal do Ceará foram cadastrar uma nova espécie de lesma que costumam habitar na região da Praia Pacheco, em Caucaia, no Ceará. E Felipe Vasconcelos, um dos pesquisadores que foi responsável pela descoberta, teve uma ideia bastante brilhante, de ao mesmo tempo que faria uma homenagem à série, também faria com que a mesma não fosse esquecida tão facilmente como muitas descobertas são, e assim decidiu colocar um nome que chamaria a atenção, e assim nasceu Tritonia khaleesi.

Mas o nome não foi colocado de forma aleatória com qualquer coisa que tivesse a ver com o seriado, realmente existe uma lógica em cima disso. Segundo o pesquisador, a lesma é descrita no livro como sendo pequena e com longos cabelos brancos, e como a lesma tem aproximadamente 12 milímetros e uma faixa prateada no corpo, acabou por lembrar os cabelos da mesma especialmente quando usando uma trança para trás.

O bichinho é pequeno porém é bastante ousado e se alimenta de pequenos animais venenosos, sendo que é capaz de absorver algumas substâncias dos mesmos e as usar em sua própria defesa, isso faz com que predadores desistam de comê-la ao sentir o sabor.

Enfim, o que acharam? Legal a ideia do cara, não é mesmo? Definitivamente foi uma ótima forma de se manter reconhecido quanto a isso e poder falar pra galera "Ah, aquela lesma? Sim, fui eu que registrei Ò_Ò!".

Nenhum comentário: