Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

terça-feira, 18 de março de 2014

Those Who Kill - Uma série sobre serial killers

Eu tenho que assumir que tenho medo de começar a assistir séries com temas adultos na época atual e que apresentam as coisas de uma forma realista. Eu gosto muito de histórias sérias, no entanto empre tenho uma queda maior quando tem algo de sobrenatural, ficção ou qualquer coisa que torne diferente. Não ligo quando é uma história com tema realista que se passe em outra época, como Hell on Wheels ou Boardwalk Empire, mas sempre que vou começar um seriado e é atual e sem nada irreal, me faz pensar em como pode se tornar um seriado chato e cansativo. Mas eu me esforço mesmo assim e por isso comecei a assistir Those Who Kill, uma série de investigação de serial killers que acabou me causando uma boa impressão, e acho que muita gente pode gostar bastante também.

A história apresenta a investigadora da polícia chamada Catherine Jensen, e que trabalha na área de investigação de crimes em série. A mesma é obcecada com o seu passado, onde seu irmão desapareceu ainda durante a adolescência e ela acha que o padrasto tenha sido o responsável por isso. O caso nunca teve solução mas ela sempre tentou desvendar. Em meio às suas investigações acaba tendo a ajuda do professor Thomas Schaeffer, especialista em analisar crimes.

Bom, a série tem um climinha bastante intrigante até, eu pensava que ia ser tudo parado demais, mas as coisas são até que bastante agitadas, e também aquele climinha de trama inteligente. A forma que Thomas analisa as coisas é interessante. Uma coisa que gostei nos personagens é que eles não são tão previsíveis, como por exemplo Catherine que é a principal e normalmente essas personagens são super perfeitinhas e estilosas, mas apesar do reconhecimento quanto ao trabalho dela, a personagem é irritante pra caramba, ela faz coisas no impulso e nem sempre se dá bem, não há aquele negócio de "Se você fizer isso, será igual eles.", ela é uma personagem vingativa e que se deixa levar pelas emoções, sendo assim acaba bastante humana, ela fuma e no segundo episódio já aparece simplesmente conhecendo um cara e marcando com ele para transar, algo super inesperado para personagens do gênero.

A série me lembrou demais o seriado Hannibal, o clima é bastante parecido mesmo, colocando psicopatas e a análise de como eles se comportam, tudo com um estilo bastante pesado e sombrio, além de não se deduzir facilmente a reação dos personagens, que demonstram suas falhas constantemente.

Enfim, essa não é uma série que eu diria que qualquer um iria amar, pois eu estaria mentindo, mas para quem curte uma trama adulta bem realista, certamente vai achar bastante atraente.

2 comentários:

Roberta Andrade disse...

Ummm...
parece ser interessante.
Adoro temas assim, sobre tudo por ser psicóloga, aí o lado critico assumo forma imensa.
Costumo começar a assistir muitos seriados,
mas são poucos os que realmente me prendem.
Gostei dessa indicação.

=D

w.Oliver disse...

Roberta, já assistiu a série True Detective? Se não, recomendo muito.