Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Duke Nukem 3D: Megaton Edition - Um jogo muito bom!

Obviamente eu sempre ouvi falar de Duke Nukem, afinal trata-se de um clássico, porém também sempre foi um jogo que nunca me chamou muito a atenção, eu sempre o imaginei como algo que você só andava e matava tudo que tinha pela frente, até chegar em um ponto e passar de nível, isso sem mecânica adicional alguma além de meter bala. Mas eu realmente me peguei como um baita preconceituoso e fui muito ingênuo ao julgar um clássico tão facilmente, afinal de conta convenhamos né? Se um jogo é considerado clássico, é porque algo de especial tem nele, e sendo que DOOM é mais antigo que esse jogo, obviamente não se poderia prender a uma mecânica tão simplória quanto apenas meter tiro.



A história se passa no ano de 2008, que acaba tendo um toque um tanto futurista, já que o jogo foi lançado inicialmente em 1996 e por isso você acaba tendo uma sensação de um futuro distorcido e até engraçado de se ver, afinal não se pode prever o futuro não é mesmo? Portanto você acaba vendo como um passado com um toque cyberpunk, apresentando uma invasão alienígena na terra, onde policiais foram transformados em porcos humanos, e a força vital das mulheres foi usada para fortalecer os aliens. Desse jeito só sobrou UM homem para salvar a terra, e esse é Duke Nukem, que chega pra matar toda a escória alienígena.

Como podem ver, a história é bastante zuada e lembra muito os filmes escrotos de ação que tinham nos anos 80, certamente na época ele foi feito como uma homenagem a esse tipo de filme, já que em 96 já não era tão comum ver esse tipo de tosqueira por aí, talvez fosse um tipo de Blood Dragon da época. E todo o cenário em si é baseado nesse tipo de tosqueira, com strippers dançando constantemente (Sim, o mundo acabou e elas não largaram o ferro de poli dance!) e comentários extremamente "Sou o macho do lugar que mete bala", eu ri bastante com certas coisas que o personagem falava.

Tive o prazer de jogar em modo cooperativo com um amigo, sendo assim comentávamos bastante sobre as tosqueiras que achávamos pelos cenários e nos ajudamos durante a resolução de problemas, que aliás é exatamente aí que o jogo me surpreendeu. Nós simplesmente ficamos travados várias vezes no jogo graças aos constantes puzzles, e foi uma enorme surpresa a quantidade de áreas secretas, eu acho que nunca vi um jogo com tantas áreas secretas e easter eggs pra toda parte, os caras capricharam demais nisso a ponto de até mesmo ficarmos perdidos algumas vezes e confusos se o lugar onde estávamos era o caminho principal ou não. Então isso torna Duke Nukem um jogo nada previsível quanto ao caminho, você realmente sente vontade de explorar e constantemente bate aquela sensação de "Esse lugar ta suspeito...".

Existem muitos detalhes interessantes e bem feitos na mecânica do jogo, como por exemplo olhar através de câmeras e ver o que está acontecendo em uma outra área do cenário, voar de jetpack e ir a lugares realmente altos, e pequenos detalhes mais inúteis, porém que apenas tornam o jogo mais robusto, como por exemplo pagar uma stripper pra ela mostrar os peitos hahaha.

Naturalmente os gráficos do jogo são bastante limitados e os personagens não são 3D, mas sim 2D e sempre estão virados para o ângulo onde está a câmera, fazendo assim com que seja um pouco estranho para pessoas acostumadas com 3D, porém para a época que foi lançado, isso é completamente perdoável.

E levando em conta a quantidade de possibilidades do jogo, não demora muito para você esquecer, porque existem detalhes que compensam isso, por exemplo você pode se olhar no espelho no jogo, coisa que não é qualquer jogo que faz, apesar de certos bugs engraçados, como você ser mais rápido que o reflexo, foi um efeito que você vê que os caras se deram o trabalho de tentar fazer.

Enfim, esse jogo talvez não seja tão divertido para se jogar sozinho, no entanto quando se joga com um amigo, as coisas realmente ficam muito divertidas e gera bastantes gargalhadas, eu recomendo um bocado para quem está procurando um coop. Vale a pena dar uma conferida no site da G2A pra ver o preço que está lá, pois eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida no preço que tá lá, clicando aqui.

Nenhum comentário: