Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

domingo, 5 de janeiro de 2014

Psychonauts - Um jogo clássico e muito divertido!

Esse é um jogo de plataforma clássico da era do Playstation 2 que todo mundo conhece pelo menos de vista,  no entanto nem todos jogaram. Eu mesmo não o joguei durante a sua época, porém mesmo experimentando anos depois, pude ver o quanto foi bem trabalhado. Outro detalhe interessante de Psychonauts é o fato de que se você tocar no assunto em redes sociais, logo notará várias pessoas dizendo que já jogaram e que acharam muito bom. Portanto é uma daquelas obras que embora não se possa considerar "Um jogo que todos já jogaram" é notável que os que jogaram, em geral aprovaram.

A história apresenta um jovem com poderes psíquicos chamado Razputin, mas que é conhecido apenas como Raz. Os seus pais abominam o fato do garoto ser diferente e o tratam de forma estranha, graças a isso ele acaba fugindo e procurando um lugar de treinamento a jovens com poderes especiais para que assim possa provar que esse dom pode torná-lo um herói.

Embora seja um jogo de plataforma, a primeira coisa que se tem que notar é que trata-se de um jogo da Double Fine, portanto o que mais importa é a diversão nos jogos dessa empresa. Graças a isso temos um jogo de plataforma com uma enorme variação na jogabilidade, e assim você realmente não sabe o que esperar. Mas quanto ao elemento principal, de plataforma, os criadores adicionaram muitas possibilidades e não apenas pular, você tem salto duplo, pode escalar paredes, escorregar em lugares, se pendurar em ferros e girar até saltar para outro lugar, entre outras coisas.

Você tem que entrar nas mentes dos personagens e explorar seus medos, desejos, segredos e outras coisas, por isso sai coletando os fragmentos da mente do mesmo. Cada personagem tem uma história diferente e sendo assim a sua mente também apresenta ambientes completamente diferentes das mentes dos outros.

Você tem poderes que vai desenvolvendo à medida em que vai evoluindo e assim podendo fazer ainda mais coisas, além também de poder atacar, sendo que o seu ataque pode causar efeitos em certos lugares, como por exemplo abrir um buraco em uma parede.

Os gráficos do jogo são bastante semelhante a um desenho animado, não na textura, mas sim na forma com que os personagens e ambientes foram modelados, com corpos irregulares. Ou seja, os personagens tem cabeção enorme e corpo pequeno e os ambientes são meio tortos. Mas isso condiz completamente com a proposta, que começa já no nome, afinal obras em geral que terminam com "nauts" já dão um baita toque de desenho.

A aventura também é cheia de humor e gera belas gargalhadas, te fazendo se sentir em um verdadeiro parquinho, sendo que há realmente uma boa variação de possibilidades, com coisas que eu diria que praticamente estão escondidas, por exemplo tem uma garota que eu dei uma porrada, normalmente não se deve fazer isso, já que é uma aliada, e então ela soltou um "Você bate feito um garoto..." uahahahahaha, há também diversos objetivos extras espalhados, como no começo do jogo onde tem um garoto do lado de um campo minado, você pode passar reto ou oferecer ajuda a ele pra atravessar.


Enfim, ta aí um jogo bastante animado e divertido para aqueles que gostam do gênero plataforma, realmente é uma obra que se destaca e que mostra que não é apenas mais um jogo de andar e pular.

Nenhum comentário: