Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Sang-Froid Tales of Werewolves - Um jogo maravilhoso!

 Sem sombre de dúvidas os lobisomens são elementos que acabam atraindo em jogos e é exatamente sobre um desses jogos que irei falar. Sang-Froid Tales of Werewolves  é um jogo indie feito pela desenvolvedora Artifice Studio.

A história do jogo causa uma enorme sensação de se estar ouvindo uma história que aconteceu há muito tempo em uma área rural. Isso porque tudo se passa durante o século 19 no Canadá e apresenta uma comunidade que começa a receber constantes ataques de lobos, e logo começam a falar que isso vai além e também há lobisomens no meio desses. A história envolve também um elemento ainda mais místico, a presença do demônio. As pessoas creem que o diabo está no lugar e quando esse consegue corromper a alma de alguém, sua alma sai de seu corpo e toma o corpo de lobos, e esses sofrem terríveis alterações físicas, ganhando traços humanos como andar usando duas patas.

O jogo se passa durante os dias de um mês, sendo que há uma parte da fase que representa o dia e nessa parte você tem que se preparar, por isso tem que montar armadilhas e bolar uma estratégia, pois quando a noite cair, o ataque de lobos vai começar e você tem que impedir que esses consigam destruir a sua cabana, que fica em um lugar isolado cheio de árvores por perto e muita neve.

Quando comecei a jogar eu achei o jogo um pouco travado, com o personagem correndo de forma um pouco dura e fazendo movimentos superficiais, no entanto por se tratar de um jogo indie, eu não liguei muito e continuei jogando. E logo eu já tinha esquecido esse probleminha porque o jogo apresenta uma atmosfera tão incrível e opções tão divertidas, que acaba se tornando interessante demais para se ter reclamações.

Inicialmente o jogo tem uma mecânica semelhante à de Orcs Must Die, no entanto ele acaba mostrando ter elementos próprios e graças a isso gera uma atmosfera diferente. Digo isso porque não basta apenas atacar os inimigos sem parar, os combates acabam fazendo com que você realmente tenha que montar uma estratégia pois se começar a atacar sem pensar, você certamente irá morrer bem rápido.
O jogo tem um sistema de estamina, portanto cada machadada que você der, cada vez que correr, cada vez que rolar no chão, o seu personagem irá se cansar, portanto você tem que elaborar bem os momentos em que deve fazer ações mais bruscas. Existe uma espingarda no jogo, porém estamos falando do século XIX e para você recarregar leva bastante tempo, portanto ela é usada nas horas certas e é normal você recarregar quando tiver um tempo pra respirar e iniciar o combate dando um tiro para depois continuar a dar dano usando o machado.

O jogo tem alguns elementos muito interessantes para se usar contra os inimigos, pra começar as armadilhas não garantem que eles vão cair, você tem que atrair eles pra perto, portanto você pode fazer algo como gritar em um lugar e se afastar, como os inimigos ouvem os sons que você faz e vão até lá, isso acaba fazendo com que eles se aproximem.

Existe o fator "medo" no jogo, sendo assim você tem um número que representa o medo que você está sentindo e cada inimigo também tem um número, sendo que enquanto o seu estiver maior, o inimigo apenas vai rodear você ameaçadoramente, mas assim que ele tiver equivalente ou menor, o inimigo vai começar o ataque. Mas você pode diminuir o nível dele atacando ou pode também acender uma fogueira, o que aumenta imensamente a barra de medo dos inimigos, fazendo com que demorem bem mais para ter ações.

Enfim, aí está um belo jogo com uma atmosfera incrível, e mesmo com seus gráficos semelhantes a de desenhos animados, consegue deixar tudo com um clima sombrio que acaba agradando demais, vale bastante a pena conferir.

Um comentário: