Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Journey of a Roach - Baratas nunca foram tão simpáticas!

A Daedalic Entertainment sempre consegue impressionar com os seus jogos de aventura, no entanto em Journey of a Roach ela foi além e conseguiu criar uma obra com uma jogabilidade muito diferente, gerando um jogo de aventura único com mecânicas antigas atualizadas para um modelo que acaba se tornando muito empolgante!

Journey of a Roach apresenta uma história onde o mundo acabou e o que sobrou foi apenas um cenário pós apocalíptico cheio de criaturas mutantes, e você assume o papel de uma barata enorme que deve atravessar esse mundo cheio de desafios.

Eu nem sei se esse jogo pode ser chamado de Point and Click, pois imediatamente se pensa em um jogo onde a movimentação é feita apenas com o mouse, sendo que não. Então o que parece é uma evolução muito bem feita do gênero, apresentando mecânicas antigas de uma forma diferente que ficou agradável pra caramba.

O jogo é em cell shader, por isso tem um simpático estilo de desenho animado, além disso se passa em um cenário 2.5D, sendo que você tem uma movimentação lateral em um ambiente 3D e pode ir para o fundo do cenário e voltar para a frente, mas em geral se tem uma movimentação lateral pelo lugar.

Não existem falas no jogo, portanto o que os personagens conversam é apresentado em forma de uma série de gemidos e barulhinhos bastante peculiares que representam bem os sentimentos do momento, por exemplo se um personagem está com raiva, o barulho vai ser notavelmente mais agressivo que o de um personagem que está tirando sarro de outro. Além disso são colocados balões de fala para representar as conversas, e assim algumas dicas são mostradas nesses balões, é realmente muito bonitinho de se ver.

Para passar dos cenários, você tem que recolher certos objetos e combiná-los para criar novas coisas, ou usar esses objetos em outros lugares, e essa é a parte do point and click, só que você controla o personagem nas teclas ou no controle, além disso tem algo que amei muito nesse jogo que é a possibilidade de andar na parede e telhado. Isso me causou um pouco de tontura, no entanto gerou possibilidades incríveis, gerando ângulos de visões novos e em alguns cenários transformando completamente o jeito de ver o lugar.

Enfim, esse é um simpático jogo que certamente vai fazer um monte de pessoas começarem a jogar e ficarem por horas tentando resolver os problemas apresentados na tela. Vocês podem conferir mais informações no site do jogo. Agora tentem resistir ao maravilhoso e fofinho trailer:

Nenhum comentário: