Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Veja a declaração da Ubisoft sobre o caso do garoto de 13 anos que supostamente matou a família!

Como vocês sabem, a mídia tentou desviar a culpa para video games mais uma vez quanto ao caso do garotinho de 13 anos Marcelo Eduardo Bovo Pesseghini, e inclusive apresentaram na televisão um dos títulos da série Assassin's Creed, pertencente à ubisoft, isso fez com que a empresa se manifestasse em relação ao que a mídia disse, aqui segue a mensagem:

"Em resposta aos pedidos de posicionamento da Ubisoft sobre o caso da família Pesseghini, trata-se de uma tragédia e nossos pensamentos e orações vão para a família e os amigos das vítimas. Nessa hora de consternação de toda a sociedade, é natural a busca por respostas.

No entanto, em nenhum estudo até agora realizado há consenso sobre a associação entre a violência e obras de ficção, incluindo livros, séries de televisão, filmes e jogos. É uma falácia associar um objeto de entretenimento de milhões de pessoas, todos os dias, em todo o mundo, com ações individuais e que ainda estão sendo esclarecidas. Novamente, isso é uma tragédia sem sentido e os nossos pensamentos e orações estão com a família e amigos das vítimas.

Agradecemos aos fãs da série que manifestaram apoio contra mensagens sensacionalistas associando o jogo à tragédia e convidamos a todos a se solidarizarem com a família e os amigos das vitimas."

É como falei, sem dúvidas mídias de entretenimento causam certas empolgações nas pessoas, porém é simplesmente uma emoção passageira, para a pessoa ter sangue frio o suficiente para cometer um assassinato porque ficou empolgada ela já tem que ter alguns problemas, isso porque além de tudo em geral pessoas sabem que na sociedade existem regras e não querem receber a punição devida por quebrá-las. A própria mídia sabe disso já que em geral emissoras transmitem novelas, jornais escrevem reportagens para entretenimento, enfim esse tipo de sensacionalismo é feito normalmente apenas para chamar a atenção do público, sendo o vídeo game um alvo fácil as pessoas se sentem "envolvidas" com o caso, já que são fortemente influenciados, é tipo uma tia falar "Eitaaa, o meu sobrinho usa também essa imagem bem aí no perfil do facebook! Ele deve ser da gangue também! EU ACHO QUE TENHO QUE TOMAR CUIDADO PRA NÃO MORRER!". Isso sem provas que o garoto matou a família.

2 comentários:

Claudinei . disse...

Mesmo se o garoto tiver sido influenciado pelo jogo, a culpa é da própria familia, pois a classificação indicativa existe justamente para evitar esse tipo de coisa

John Titor disse...

Eu jogo minecraft nem por isso saiu por ai construindo predio