Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

domingo, 18 de agosto de 2013

Inquisitor - Um action rpg a moda antiga

Quando vi o trailer desse jogo indie chamado Inquisitor ele me atraiu um bocado por lembrar Diablo 1, e isso não apenas no visual mas também na história e claro a jogabilidade semelhante. Isso foi o suficiente para eu ter vontade de experimentar e hoje vou fazer aqui uma análise.

O jogo se passa em uma versão alternativa da era medieval, nela é mostrada a decadência da igreja e o pecado dominando tudo, a fome, miséria e morte estão espalhadas pelo mundo e uma era pagã surge fazendo com que o demônio vague pela terra. Em meio a esse caos, três guerreiros são enviados como inquisidores para julgar os crimes dos pecadores e lutar contra exércitos de criaturas das trevas.

Interessante o ambiente, não? Eu gostei um bocado desse climinha sombrio apresentado e assim comecei. Porém demorou pouco para eu perceber que algo me incomodava no jogo, a lentidão. Apesar de ter um botão de correr, supostamente o "R" eu simplesmente não consegui fazer funcionar, tendo que aturar o personagem caminhar durante a pancadaria.

O jogo tem sim muitos elementos semelhantes a Diablo, você tem habilidades, atributos, inventário, pode colocar armaduras e o combate é no mesmo estilo. Isso definitivamente pode acabar atraindo muitos dos fãs, porém a lentidão do combate pode acabar sendo realmente desanimadora e a dificuldade do jogo é no mínimo desafiadora, sendo assim definitivamente o jogo pode ser classificado como hardcore.

Existem três classes que podem ser escolhidas, o Paladino, o Padre e por mais estranho que seja, o Ladrão. Cada uma das classes tem habilidades únicas e por isso são desenvolvidos de forma completamente diferente. O jogo ainda conta com centenas de armas que podem ser equipadas, o que naturalmente é uma bela variedade.

Enfim, Inquisitor é um jogo que particularmente não gostei muito, porém acredito que possa agradar a aqueles fãs mais antigos, ele tem um clima sombrio muito atraente e uma boa variedade de magias e armas, porém ao mesmo tempo é um jogo muito parado na movimentação e acho que isso pode acabar desanimando um pouco. Então é daquele jogo que normalmente ou você se apaixona completamente ou você odeia. De qualquer forma para quem quiser enfrentar o exército de satanás o jogo ta disponível na steam.
E aí, o que acharam?

Um comentário:

Agelus disse...

Puro Diablo mesmo, fiquei muito interessado.