Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Anodyne - Um jogo bastante carismático

Bom, vou falar hoje sobre um daqueles jogos com visual clássico de clássicos RPG's como Final Fantasy, aquela visão aérea do personagem, porém se for para comparar com um jogo em especial, provavelmente o mais parecido de todos é The Legend of Zelda: A Link to the Past.

O jogo segue o padrão clássico em geral com um personagem que vaga pelo mundo, porém ele tem algo muito especial que é a sua estranha história. Simplesmente ele é um jogo que você não sabe se entendeu exatamente o que quis passar ou se apenas acha que entendeu. Ele carrega um grande teor psicológico em cima dele.


O mundo de Anodyne não é um lugar fixo medieval ou algo assim como se é de esperar de um jogo desse gênero, mas sim algo que confunde desde o início, por exemplo lembro que assim que comecei eu fui andando por cima de um asfalto e fiquei me perguntando se o jogo era na época atual, porém logo começam a aparecer elementos medievais e criaturas mágicas que começa a confundir, isso sem contar com os cenários que ficam variando entre masmorras e lugares que parecem bem modernos.

O jogo é cheio de coisas que aparentemente são para serem interpretadas e cada pessoa acaba criando uma linha de pensamento diferente ou simplesmente não entendendo nada, como por exemplo o fato de que o personagem usa uma vassoura como arma, no começo é até meio fofinho, porém em um certo momento você empunha de verdade uma espada em um ambiente preto e branco, é simplesmente muito estranho.

O jogo tem alguns toques de suspense, e há certos acontecimentos bizarros que mantém um clima bem legal. Por exemplo no começo quando você passa por dentro de um túnel, do nada aparece uma pessoa atrás de você e de repente ela desaparece, ou mesmo em um ambiente aparentemente espiritual ou algo do tipo em que há criaturas enormes andando que me lembraram imediatamente o nevoeiro.

Anodyne não tem um foco ao menos diretamente na história, mas sim na jogabilidade e clima, a sensação de sonho ou imaginação é quase constante e contém diversos diálogos aparentemente sem nexo algum em grande parte das vezes, sendo que é lotado de cenários com muitos quebra cabeças para serem resolvidos. Uma coisa muito legal é o fato de que não é daquele tipo de jogo em que tudo é bastante óbvio ou aparece um tutorial explicando coisas que seria muito mais divertido se descobrir, portanto é do tipo de jogo que mantém o desafio.

Enfim, para quem estiver procurando um jogo à moda antiga ou gosta de um toque psicológico, esse jogo pode acabar sendo fascinante, principalmente pelo ambiente e clima criado em cima de o que é isso tudo. Vale a pena dar uma conferida no site da G2A, pois lá eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida aqui.

Nenhum comentário: