Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quarta-feira, 31 de julho de 2013

O sinistro caso do agente Ennis Cole

Uma fórmula certa pra fazer eu me apaixonar por algo, como muitos aqui já devem ter notado, é criar uma história que se passe no passado mas com um acontecimento que não ocorreu de verdade, tornando assim uma realidade alternativa, principalmente quando esses acontecimentos são coisas realmente fora do normal.

Filmes como Watchmen ou Super 8, jogos como Deadlight e até mesmo livros como Buick 8 (Nos primeiros anos da história) já se tornaram um atrativo imediato na hora que fiquei sabendo a data em que se passavam. Isso porque acho lindo ver o visual e limitação de épocas antigas misturados com situações fora do comum deixam tudo mais bonito ao meu ver.

E é claro que a 2K Games me empolgou demais assim que vi o primeiro trailer de The Bureau: XCOM Declassified, e essa empolgação só conseguiu crescer mais quando comecei a ver os live action do jogo em que mostram diversas situações sobre aparições repentinas de alienígenas e ataque a civis.

A empresa conseguiu ainda um ator razoavelmente famoso para fazer dois vídeos, que é o Dominic Monaghan, aquele cara que interpreta o Merry em Senhor dos Anéis porém acho que ele tem um maior destaque maior por interpretar o Charlie, aquele roqueirinho de LOST. Aqui ele interpreta o agente Ennis Cole, que investiga os aparecimentos de naves alienígenas. O primeiro episódio foi inicialmente apresentado com um final em que quem assistia devia escolher entre a garrafa de bebida e a arma. Porém já vou por aqui a versão completa em que colocaram o que ele escolhe.
A escolha ganhou de uma maneira super "apertada" com 51% dos votos, vixe quase que o outro ganha ein? Uahahaha, daí colocaram essa versão aí em cima que já ta com a escolha e tal, e depois lançaram um novo episódio mostrando o destino do agente Cole depois dessa treta. Confiram:
Quem quiser pode dar também uma olhada no curta metragem The Burn Room que é um tipo de prólogo para o caso do agente Cole.

2 comentários:

Juan Rodrigues disse...

Então tu ia gostar de Abraham Lincoln -caçador de vampiros

Douglas Pagoto disse...

Maldito Sky, por sua culpa estou me empolgando pra jogar esse jogo. Tomara que ele não decepcione, adoro esse estilo retro.