Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quinta-feira, 14 de março de 2013

A entidade - Não é um filme genial, mas vale o seu tempo

Um escritor especializado em livros envolvendo assassinados se muda com sua mulher e filhos para uma nova casa onde a família que morava anteriormente foi enforcada em uma árvore, exceto por uma das filhas do casal que simplesmente desapareceu. O homem começa a investigar pistas e logo descobre alguns rolos de filmes em que são mostradas famílias diferentes sendo assassinadas de maneira brutal e uma misteriosa aparição surgindo em todos eles. Logo o escritor entende que não trata-se apenas de mais um caso de assassinato e sequestro, mas algo que vai além.



Eu fico muito feliz de ser complicado mudar minha opinião quanto a algo assim que alguém fala bem ou mal, digo isso porque caso o contrário eu certamente não teria assistido esse filme. O que aconteceu foi que descobri o trailer por acaso e quando assisti achei fantástico, mas claro que é complicado se julgar algo assim já que quase todo filme parece maravilhoso pelo trailer.

Mas apesar de tudo, esse aqui foi um dos que entraram na minha lista de filmes para conferir, já que no final das contas pelo menos seria algo que a primeira vista me interessou. No dia que decidi assistir me falaram que era muito ruim e desceram o cacete mas nem desanimei, apenas vi de qualquer maneira.



Quando terminei, entendi exatamente o motivo de muitos não terem gostado. O negócio é que se espera o mesmo de sempre para um filme desses, eu mesmo pensava que ia me entreter mas já tava até imaginando como seria, uma família que se muda pra casa nova, aparece o capeta, começa matar todo mundo e aí eles vencem o mal e vão embora da casa, FIM! No entanto o filme não segue essa fórmula pronta e principalmente o final inesperado e fora do padrão pode incomodar muita gente.

Mas achei o filme divertido pra caramba, tem um baita clima de suspense, a entidade é assustadora pra cacete, existe algo no rosto dela que te faz ter vontade de ficar olhando, é muito esquisito, no entanto as cenas sempre a apresentam de forma bem rápida, a câmera nunca demora muito para você dar uma boa olhada.

Além do mais o povo que criou o filme fez questão de provocar muito a curiosidade, por exemplo o dos rolos de filme se chama "Festa na piscina" e vai mostrando um monte de pessoas da família amarrados a camas sendo puxados pra dentro da água para se afogarem, mas aí se chega em uma extremidade e em pé submerso na piscina ta a entidade e então ela olha pra câmera e termina.

Achei fantástica a forma que os rolos de filme são apresentados, é tão sombrio ver cada um deles apresentando uma família diferente no começo feliz e logo se tornando algo macabro, parecem aquelas fitas de assombração que rolam pela internet uahahahaha, ficou muito bom, manteve o clima e enquanto o personagem assistia, eu me sentia como se estivesse na sala assistindo com ele e só esperando algo de muito bizarro acontecer.

É um filme de terror que gostei muito, até certo ponto tem uma história clichê mas mesmo assim usa elementos diferentes, mantém o clima tenso até o final e ainda quebra o padrão no fim. Não é genial, mas sem dúvidas achei que valeu muito a pena e adoraria ver mais filmes do gênero, inclusive existe A Entidade 2, então recomendo. Se você se interessar pode conferir aqui.


Nenhum comentário: